Vereador e bispo da Universal analisa posição política do novo bispo católico

Diferente do que disse no novo bispo católico de Campos, Dom Roberto Ferrería Paz, em entrevista feita pelo jornalista Alexandre Bastos e publicada na edição da Folha do último domingo, o vereador e bispo da Igreja Universal Vieira Reis (PRB) não reconhece no município a  generalização de um fisiologismo desatrelado de princípios e valores nas representações políticas:

— Nesse ponto, tenho que discordar. A política em Campos não é mais como antigamente, em todos os níveis, Executivo e Legislativo. A cidade hoje tem uma outra cara, na saúde, na educação, no asfaltamento, no saneamento básico, na construção e reforma de escolas e creches. A Câmara, em relação às legislaturas passadas, tem hoje uma nova dinâmica — garantiu o parlamentar governista.

Vieira, no entanto, criticou a postura de alguns colegas de Legislativo. Sem citar nomes, ele disse que o comportamento daqueles que faltam as sessões ou não ficam até o seu final, não obedecem ao prinicípio cristão do compromisso com o próximo e a coletividade: “nem com a população, nem com seus próprios eleitores”, alfinetou.

O vereador vê como normal o posicionamento de Dom Roberto, ao apontar, enquanto líder religioso, alguns valores éticos  que os católicos deveriam buscar em seus candidatos. “Mas desde que isso não se torne pregação a favor de nomes ou partidos, e que a campanha política não entre dentro da igreja”, frisou.

Vieira garantiu ainda que sua Igreja Universal, conhecida em todo o Brasil por sua forte atuação política, não seguirá o novo discurso católico de Campos para as eleições de 2012:

— A Universal não vai dar nenhum tipo de orientação. Nossa igreja vai deixar seu rebanho livre para tomar sua decisão. Só vamos pregar a conscientização na hora ir às urnas, sem voto de cabresto ou comprado.

 

Atualização às 23h13: Aqui, no Blog do Bastos, o pastor batista e ex-deputado federal Éber Silva e o babalorixá Vavá de Odé também opinaram sobre as declarações políticas do novo bispo católico Dom Roberto Ferrería Paz.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 14 comentários

  1. Paulo Sá

    “o vereador e bispo da Igreja Universal Vieira Reis (PRB) não reconhece no município a generalização de um fisiologismo desatrelado de princípios e valores nas representações políticas:

    — Nesse ponto, tenho que discordar. A política em Campos não é mais como antigamente, em todos os níveis, Executivo e Legislativo. A cidade hoje tem uma outra cara, na saúde, na educação, no asfaltamento, no saneamento básico, na construção e reforma de escolas e creches. A Câmara, em relação às legislaturas passadas, tem hoje uma nova dinâmica — garantiu o parlamentar governista”.
    Que cara de pau! A atual legislatura é tão fisiológica quanto todas as outras que a antecederam, desde 1989, quando 19 dos 21 vereadores se prostraram diante de Garotinho e fizeram tudo o que ele determinou.
    Com Rosinha não está sendo diferente: dos 17 vereadores, 12 fazem o que ela manda. Portanto, não cumprem com os deveres que as leis lhes impõe. Em troca, recebem cargos e empregos para distribuirem com os seus cabos eleitorais. Sem falar dos esquemas com as empreiteiras que indicam para fazer obras em troca (…).
    Nós não temos uma Câmara de Vereadores mas uma (…).
    Quanto a aquele papo furado de que a Igreja Universal vai deixar que seus fiéis escolham livremente seus candidatos, é demais.
    Os fiéis da IURD são obrigados a votar nos candidatos da igreja e mais, a trabsalharem como cabos eleitorais voluntários dos seus candidatos.
    Se não fosse o voto de cabresto, o bispo Vieira Reis, certamente, não seria vereador.
    Mas eu tenho fé que o povo de Campos vai dar uma surra nas urnas nos doze malandros que estão se fartando na nossa Câmara de Vereadores.

  2. Carla Rosa Faria

    falou bonito pastor…nao tem que misturar politica e religiao mesmo nao…
    o povo que vai tomar a decisão, sem influencia de ninguem, so vendo o que ta sendo feito na nossa cidade, como o senhor mesmo falou, que mudou e muito pra melhor e claro

  3. Marcos Paulo

    “A cidade hoje tem uma outra cara, na saúde, na educação, no asfaltamento, no saneamento básico, na construção e reforma de escolas e creches…” O vereador VR ta falando de que cidade??? Na saude, leite superfaturado e marcação de consulta demora uns 3 meses, na educação os professores quase fizerem greve a pouco tempo, no asfaltamento é só ir na formosa e Jose Carlos Pereira Pinto… Se ele estiver falando de Campos, pra mim continua a mesma coisa… eee Campos

  4. Marcos

    Esse senhor, é um grande cara de pau.

  5. André

    (…)
    Se ele fosse contra fazer campanha política dentro da igreja mesmo ele hoje não era vereador!
    “A Universal não vai dar nenhum tipo de orientação. Nossa igreja vai deixar seu rebanho livre para tomar sua decisão” isso é piada? pq se for é das boas… cara de pau mermo…
    dps de ler essa matéria confesso que senti uma pequena revolta no estômago…

  6. André

    (…)
    Se ele fosse contra fazer campanha política dentro da igreja mesmo ele hoje não era vereador!
    “A Universal não vai dar nenhum tipo de orientação. Nossa igreja vai deixar seu rebanho livre para tomar sua decisão” isso é piada? pq se for é das boas…
    dps de ler essa matéria confesso que senti uma pequena revolta no estômago…

  7. zeze pessanha

    Será que seus colegas faltosos,também andam comendo a diarréica galhinha do PAPINHA????Cara de pau!!!!!!!

  8. Antonio Nego

    Religião tem facção ?
    Tipo Comando Vermelho, comando rosa. Deve ter sim .
    Tem .

  9. carlos andre

    eu gostaria de saber de qual cidade q este pastorzinho esta falando aposto q ele dever ser uns da quele q só vai na prefeitura para pergar o dinheiro e não se preocupa com a situação da cidadde nem sabe como anda. em minha rua tem um esgoto a céu aberto e ele me vem falar de saneamento básico? me poupe

  10. Dayana

    Pelo menos nós catõlicos somos orientados a votar em pessoas de princípios cristãos, e não, nesse ou naquele candidato, ao contrario de vocês, pois se não fosse assim o senhor não teria sido eleito!!!

  11. JUNIOR

    CAMPOS HOJE VIVE UMA NOVA CAMPOS. ONDE A QUALIDADE DE VIDA DOS CAMPISTAS MUDOU PARA MELHOR. HOJE A CIDADE É UM CANTEIRO DE OBRAS,A EDUCAÇAO MELHOROU,E TEM MERENDA NAS ESCOLAS A SAUDE VEM MELHORANDO OS MILHARES DE FANTASMAS FORAM MANDADOS EMBORA…
    “QUEM HOJE RECLAMA DE TUDO Q A PREFEITA FAZ,SÃO OS QUE TINHAM UMA BOQUINHA NA PREFEITURA”

  12. SIMONE

    Quer dizer que na igreja Universal pode fazer política e na católica não?Estou muito satisfeita com a postura de Dom Roberto e anciosa saber qual será sua posição nas eleições de 2012.

  13. Leonardo

    Parece até piada o Vieira falar que não deve haver nome de políticos ou partidos na igreja…só se ele está falando da católica porque na protestante teve até folheto de garotinho sendo distribuido. Vergonha!!!

Deixe um comentário