Opiniões

Acostamento da Campos/Atafona cai com cheia do Paraíba

(Foto de Marcio Fernandes/PMCG)
(Foto de Marcio Fernandes/PMCG)

 

A cheia do Rio Paraíba do Sul provocou danos em mais um trecho da rodovia federal BR-356, em Campos, próximo a Martins Lage. Desta vez, o acostamento afundou e uma parte da pista apresenta rachaduras, na altura do Canal Cambaíba, em direção a São João da Barra. A Secretaria Municipal de Defesa Civil de Campos já esteve no local e comunicou ao Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) e à Polícia Rodoviária Federal (PRF) para que sinalize a estrada. O incidente ocorreu por volta das 14h desta quarta-feira (11).

O subsecretário da Defesa Civil, major Edison Pessanha, fez um alerta para que os motoristas tenham cuidado ao passar pelo local. Ele frisa que a sinalização vai garantir a segurança dos motoristas que trafegam pela estrada. “Esta BR tem tráfego intenso de caminhões pesados que transportam material para o Porto do Açu, além do movimento intenso em direção às praias”, lembra o major Pessanha.

 

Texto e foto divulgados aqui, no site da Prefeitura de Campos

 

Atualização às 18h14: A repórter da Folha Rosi Santos foi ao local, onde ouviu de Guilherme Freitas, supervisor do DNIT, não ser necessária a interdição da pista, apesar do tráfego intenso de veranistas de Grussaí e Atafona, além dos caminhões e carretas com destino ao Porto do Açu. Segundo ele, basta que os motoristas estejam atentos à sinalização.

  

 

 

(Foto de Mariana Ricci/Folha da Manhã)
(Foto de Mariana Ricci/Folha da Manhã)

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 4 comentários

  1. Será que dos 300 milhões liberados pelo governador vai sobrar um pouca para esta obra?

  2. PROTEÇÃO X PREOCUPAÇÃO X POPULAÇÃO
    Ao longo de 60 anos anos diques foram construídos para proteção da cidade. De tão eficientes viraram estradas (uma federais outras estaduais). Depois veio o abandono (DNOS/COLLOR) e hoje, a total falta de manutenção fazem dos diques sinônimos de preocupação e risco à população! Think about!

  3. Caro Willen,

    Os R$ 300 milhões não foram liberados pelo governador. Por enquanto, apenas foram pedidos por este à União, num projeto que visa dar solução definitiva ao problema das cheias no município de Campos.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  4. Que os nossos governantes realmente apliquem, quando da liberação do montante que for, em prol da população. Deixando a causa própria de lado.

Deixe uma resposta

Fechar Menu