Opiniões

Brincando de rosa

Publicado em setembro 21, 2012

Entre todas as cores julgadas “barbianas”, com certeza esse lilás campista se mostra o mais insistente e nauseante já compartilhado a olhos humanos. Muitos podem afirmar que não se trata de propaganda eleitoral forçada, pois não se trata da cor rosa. Estão subjugando nossa inteligência “IDEBiana”, tarefa essa que vem se provando mais simples que o ato de respirar em si .

A prefeitinha do photoshop, não respeita sequer o bom gosto e senso, decorando nossa cidade da mesma maneira que organiza seu amplo e cafona “Closet”. Infestando postes, arcos e meio fios Campos a fora, ela revela uma frustração evidente. Nunca teve em sua infância as famosas Barbies, e agora veste a cidade em meretrício, brincando com bonecos bem mais reais que aqueles que um dia sonhou manusear.  Mas foram com estes que seu amado maridinho a presenteou, e com estes mesmos ela brincou.

Ao casal,

Peço que respeitem ao menos a etiqueta e bom gosto alheio, já que é tão difícil respeitar a justiça.

Publicado aqui, pelo Gustavo Matheus, em seu Sob licença poética.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 7 comentários

  1. Colocações perfeitas, Gustavo.Aliás o bom gosto(rs) no vestir ,falar e atitudes mostram o quanto o casal e filhos têem.Agora fazer desta cidade o prolongamento de sua moradia já é demais.E o pior, sem que a justiça tome uma posição.

  2. Gosto não se discute,tem gente que gosta e tem gente que não gosta.Outro dia um sujeito falou em alto e bom som o seguinte:”minha mulher é a mulher mais linda do mundo”,olhei pro “dragão” e lembrei do que a minha saudosa e querida mãe costumava dizer:”quem ama o feio bonito lhe parece”.O rosa como já disse,não é a minha cor preferida e parece que não é de muita gente também.Mas convenhamos,não há nenhuma razão pra se declarar a 3ª guerra mundial!afinal, o rosa e o vermelho são as cores da paixão,do amor,do desejo,do coração.Sentimentos esses que mal administrado levam ao ódio,ao rancor,a injuria,a ofensa, a cobiça, a perseguição,a calunia,ao desprezo,etc.E as vezes,dependendo do seu grau,leva até a morte.Portanto,vai aqui uma sugestão:façam como eu.olhem para o rosa e faz de conta que preto.rs

  3. Uma cor não define bom gosto, Maria! Todas as cores podem ser bem vistas dependendo do olhar que se tenha. Você provavelmente deve gostar de preto, pelo fato de se achar suficientemente entendida do assunto. Eu estou deduzindo pela sua falta de senso em estender o seu “elogio” a instituição família, seja de Rosinha, ou de qualquer outra. Na verdade o que todos vcs que são contra o governo sentem é uma vontade enorme de criticar e como já não tem o quê, partem para a cor que tem o nome da prefeita…por favor!

  4. Caro Gustavo, melhor seria o roxo da inveja???

  5. Falta do que fazer e falar,nada influenciara na minha escolha,muito menos se um poste esta preto ou rosa.E que falta de educação desse povo de criticar a vida alheia,nao eh porque nao voto na Rosinha que vou falar da vida dela e de seus familiares.Todos merecemos respeito,mesmo que sejamos oposição.

  6. Rodrigo o problema não é a cor, até que a cor rosa é bonita, o que incomoda é a falta de decoro,entendeu? A mesma cor torna monótono o ambiente,e precisamos de luz,de colorido!Entendeu?

  7. Se o “lilás” está sendo usado como fator subliminar e usado como estratégia de “marketing” da candidata-prefeita, posso entender um pouco além da mensagem:
    A minha leitura desta tremenda prova de mau gosto, é que o lilás utilizado também sugere o sentimento de LUTO que todos nós, que não nos iludimos com as maquiagens da Prefeita-candidata, sentimos!
    Este “lilás”, representa para mim e para muitos, que o Município está prestes a ser definitivamente enterrado com a provável vitória desta senhora.
    O “lilás”, remete ao roxo mortuário. Falta apenas a “grinalda”.

Deixe uma resposta

Fechar Menu