Obsessão de Rosinha é sair da “lanterninha” do Ideb

Por Ricardo André Vasconcelos, em 21/04/13–  18:47

Nada provoca mais urticária na prefeita Rosinha Garotinho do que quatro letrinhas: Ideb. Elas formam a sigla do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica, que é uma avaliação do Ministério da Educação para medir o desempenho dos alunos nos anos iniciais do ensino fundamental, que é de responsabilidade das prefeituras. É porque o município de Campos ficou em último lugar no ranking dos 92 municípios do Estado do Rio  de Janeiro na avaliação de 2011 divulgada no ano passado (confira lista aqui).

Enquanto a média do Estado do Rio ficou em 5.1 Campos ficou com 3.6, atrás dos demais 91 municípios do Estado. O maior município do Estado, o que mais recebe royalties do petróleo está na lanterninha do Ideb no RJ.

Por isso, a prefeita, durante o seminário com gestores da PMCG realizado no final da semana passada, cobrou com veemência melhor empenho nas escolas para evitar repetir o vexame no Ideb 2012, a ser anunciado no 2º semestre deste ano. Rosinha, segundo uma fonte do blog que participou do seminário, não escondeu sua irritação quando foi informada de que quase 500 professores estão afastados das salas de aula por licença médica. Aliás nota publicada aqui no blog em 02/02/2013 já tocou no irritante assunto.

Para melhorar o Ideb deverá ser instituído, segundo a mesma fonte, uma gratificação para os professores das escolas que melhorarem significativamente o seu desempenho, entre outras medidas.

A prefeita só não aceita discutir a escolha dos diretores das escolas por eleição direta. Vai continuar a nomeação política, ou seja, cabos eleitorais dos vereadores da base aliada  e que nem sempre são qualificados para a função.

Continue assim e depois cuide da urticária quando a nova lista do Ideb sair.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 8 comentários

  1. Savio

    Urticária, é? Se insiste em manter as escolhas que tem feito, então não tem jeito, já pode considerar “doença crônica”! Diretores de escolas escolhidos por políticos só podia dar nisso, fracasso total!
    Quer apostar? Vamos ver a próxima avaliação do Ideb, se duvidar, ela ainda vai acabar com saudade da pífia classificação de 3,6!

  2. Claudio

    Entre escolher os cargos e a nota, ela ainda prefere os cargos. Os estudantes que serão penalizados pelo aprendizado pela vida toda que ardam no in…ferno.

  3. geraldinho

    Ué?? contrataram por 20 milhões a Expoente, uma Empresa falida do Paraná, que está em recuperação judicial. Ora se seus produtos fossem tão bons assim, seus produtos venderiam muito. Os outros Municípios que receberam de graça o material escolar (que a Prefeita comprou por 20 milhões, repito) ficaram todos na frente. ora, por dedução, chega-se a duas conclusões, ou sejam, má gestão da secretária de educação, pouco conhecimento da prefeita ou o produto é igual ou pior que o DOADO pelo governo federal.Só não me venha com essa de que a culpa é dos professores. Aliás, os diretores deveriam ser escolhidos pelos próprios membros da escola né? Que vergonha, último lugar! Ah joílza, ah rosinha, coitada das criancinhas…

  4. Maria

    Cada vez afunda mais a pequenininha.Política e educação não combinam,exceto raríssimas exceções vide Ma Auxiliadora.

    EDUCAÇÃO CAMPISTA vergonha NACIONAL…..

  5. Rosinha é como uma criança que anda de bicicleta fazendo círculos no mesmo lugar. Não rende nada.

  6. Júlia

    Coitada!!!!!!!!!!!!!!
    Se faz de boba pra viver!!!!!!!!!!
    Conhece muito bem a realidade da educação…não está nem aí pra isso…

  7. ruy

    Esta é a cidade que tem um orçamento de 2 bilhoes de reais todo ano!!!!!

  8. suzi

    Essa colocação era do gov.Mocaiber e não da Rosinha.

Deixe um comentário