Opiniões

Expoente: Resposta que é bom, nada

Por Suzy Monteiro, em 04-05-2013 – 12h17

Nos últimos meses, o estranho caso da Expoente, contratada com dispensa de licitação pela secretaria de Educação, já rendeu amplas denúncias, acalorados discursos e até ameaças de quebra de decoro. Só não houve, até o momento, uma resposta simples, convincente ou não:

Por que a Expoente foi contratada? E por que sem licitação?

O vereador Marcão (PT) apresentou pedidos de informação, negados pela bancada governista.

Resposta que é bom, nada.

O vereador Marcão, então, formalizou pedido de informação na prefeitura. Segunda-feira, se não houver resposta, Marcão pretende entrar com Mandado de Segurança no TJ.

Ontem, às 17h52, o líder do governo, Paulo Hirano, publicou em seu blog resposta da secretária Joilza Rangel à matéria da Folha apurada na tarde de quinta e publicada na edição de ontem (sexta-feira, dia 3). Segundo ele, segundo ela, o processo do TCE citado pela Folha está arquivado.

Porém, em mais uma estranheza das tantas do caso que já está sendo chamado por muitos de Expoentegate, a resposta oficial de uma secretária vem através do blog de um vereador. Líder ou não, Hirano é vereador. Dever do Legislativo não é publicar resposta de ações do Executivo. Isso, ele pode fazer em plenário.

Porta voz oficial da Prefeitura é a secretaria de Comunicação, que em seu site não publicou resposta de Joilza. Pelo contrário, no dia anterior, questionada pela Folha a resposta foi:

“A Procuradoria Geral do Município informa que ainda não foi feito nenhum comunicado, por parte do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), referente a este assunto”.

A edição da Folha de hoje e o blog Opiniões, de Aluysio Abreu Barbosa, mostra que, ao contrário do afirmado no blog e pela secretária, os processos continuam abertos.

Independente disso, resposta que é bom, nada.

As ações de um governo são públicas, as respostas são obrigação, não favor.

Então, mais uma vez fica a pergunta:

Por que comprou o que poderia ser de graça?

E se o de graça não era bom, por que comprou sem licitação?

Quer saber mais sobre o caso Expoente, leia o blog  Opiniões, de Aluysio Abreu Barbosa e no de Zé Paes. E a resposta de Joiza no blog de Paulo Hirano.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Estas respostas não podem ser dadas pois não existem justificativas plausìveis,Suzy

  2. É justificar o injustificável

Deixe uma resposta

Fechar Menu