Quais os motivos reais da expulsão de Jivago Faria do PRB de Vieira Reis?

Noticiada pelos jornalistas Alexandre Bastos (aqui) e Suzy Monteiro (aqui), a expulsão do atual presidente da Companhia de Desenvolvimento de Campos (Codemca), Jivago Faria, do PRB, braço político da Igreja Universal do Reino de Deus, ainda não tem motivos reais conhecidos. Em comunicado assinado pelo ex-vereador e ex-bispo da Universal Joildo Vieira Reis (PRB), cujo ex-propagandista Dayvison Miranda (PRB) herdou seu mandato na Câmara de Campos, “desobediência/infidelidade” são as causas assumidas, pelo menos publicamente, à exclusão de Jivago dos quadros do partido. Ainda mais constrangedor, como lembrou aqui jornalista Saulo Pessanha, é o fato de que o presidente da Codemca, também obreiro da Universal, faz hoje aniversário. Nessa queda de braço, aparentemente vencida por Vieira Reis, o que se comenta dentro e fora da Universal e do PRB, é que os motivos reais da expulsão de Jivago, de fato, teve vias paralelas com recente e desagradável episódio envolvendo o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB).

Atualização às 16h49: Aqui, quem também falou sobre o caso, e sobre ele teceu pertinentes indagações, foi o ex-prefeito, jornalista e blogueiro Sérgio Mendes (PPS), no “Estou procurando o que fazer”.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Silvio Fontoura

    Desculpe minha total ignorância. O que tem Jivago com Eduardo Paes? Boiei…

  2. maria

    ” Eles que são brancos que se entendam”

Deixe um comentário