GAP: mais uma pergunta ainda sem resposta

Gustavo Matheus

Reunião com os motoristas da GAP deixa uma interrogação no ar

Por Gustavo Matheus, em 10-06-2013 – 18h47

Foto de Edu Prudêncio - Folha da Manhã
Foto de Edu Prudêncio - Folha da Manhã

Agora pouco, no setor de entrega de remédios da secretaria de Saúde, ocorreu um encontro dos motoristas das ambulâncias que pertenciam à empresa GAP Comércio e Serviços Especiais. Os funcionários deveriam se encontrar com o secretário de Administração e Gestão de Pessoas, Fábio Ribeiro, que marcou a reunião na última sexta, mas ele não compareceu. Quem se encarregou de se comunicar com os motoristas, que clamam pelos seus direitos trabalhistas, foi a superintendente do RH (Recursos Humanos) da secretaria de Saúde, Etilena de Cássia Andrade.

Maxwell Gomes, representante dos motoristas, disse que não pode acontecer o que já houve no passado, quando todos os funcionários ficaram sem receber.

“Queremos nossos direitos! Prometeram com a Facility e não cumpriram, com a Pelúcio também não. Chega! Não podemos ter os nossos direitos simplesmente ignorados assim”, disse.

Na semana passada, Fábio Ribeiro havia dito aos trabalhadores que a Prefeitura assumiria todas as responsabilidades da GAP para com os motoristas, e Etilena reafirmou, hoje, tudo o que disse o secretário na última sexta, com um porém; ela disse que a Prefeitura iria “estar junto dos motoristas nas pendências jurídicas e trabalhistas”, o que deixou um dos presentes furioso, a ponto de levantar e se manifestar.

“Nós estamos ouvindo a mesma coisa de sempre. O que queremos é uma data. Afinal, quando tudo nos será pago? Eu tenho 4 anos de carteira assinada com a GAP e quero meus direitos. Com a Pelúcio foram as mesmas promessas e não vi um centavo, com a carteira aberta”, afirmou.

A Prefeitura irá ou não assumir todas as responsabilidades da empresa?

O secretário Fábio Ribeiro disse que sim. Vamos aguardar.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. maria

    Tem que fazer pressão,as leis trabalhistas foram feitas para serem cumpridas.Com certeza a IMPRENSA vai dar apoio

  2. joao silveira

    O MARIA qual IMPRENSA vc se refere, só se for a folha da manhã porque o resto está toda comprometida, a população tem que entender que político é a pior coisa que está existindo na face da terra.

  3. Edi Cardoso

    perguntinha: a prefeitura(nós de novo) vai arcar com despesas de empregados de uma empresa contratada que recebeu tudo em dia conforme contrato feito??

    A empresa tem que ser executada e penhorada os bens para pagamento de salários dos empregados.
    Só teve lucro?? e o dono afinal é quem??

    ESSA É UMA EMPRESA DE FACHADA COM UM LARANJA TOMANDO CONTA.

Deixe um comentário