Opiniões

Quer saber das últimas novidades da GAP?

Quer saber as últimas novidades da GAP, empresa acusada em mídia nacional de falsificação de documentos e lavagem de dinheiro, além das suas relações suspeitas com o deputado federal e pré-candidato ao governador Anthony Matheus, o Garotinho, seu PR e o governo da prefeita Rosinha? Então leia abaixo os blogueiros da Folha José Paes Neto e Gustavo Matheus…


Observatório disponibiliza íntegra do edital para escolha da sucessora da GAP

Por José Paes, em 12-06-2013 – 21h23

Como divulgado aqui pelo jornalista Gustavo Matheus, hoje, em nome do Observatório de controle do setor público de Campos, estive da comissão de licitação da Prefeitura de Campos, para obter o edital da licitação que definirá a sucessora da empresa GAP, prestando o serviço de locação de ambulâncias.

O edital, que estima o valor do contrato em cerca de R$ 28.000.000,00 (vinte e oito milhões de reais), já está disponível no blog do Observatório, que pode ser acessado aqui.

Importante esclarecer, desde já, até mesmo para evitar críticas despropositadas, que o Observatório não tem como objetivo inviabilizar a nova licitação, mas apenas dar transparência ao processo, possibilitando que os cidadãos campistas tenham a oportunidade de tomar conhecimento dos seus termos.

Dessa forma, eventuais inconsistências e/ou irregularidades poderão ser apontadas, bem como questionamentos e dúvidas apresentados,  garantindo-se, dessa forma, a lisura do processo licitatório.

A divulgação do edital, outrossim, também serve para estimular o debate sobre a melhor a maneira de gerir as ambulâncias: Se através de empresa terceirizada ou se pela própria prefeitura, através de pessoal e veículos próprios.

O Observatório fará uma análise criteriosa dos termos do edital da licitação e nos próximos dias apresentará maiores considerações sobre o assunto.


Posto que explodiu em Caxias é do empresário Fernando Trabach, o homem da GAP

Por Gustavo Matheus, em 13-06-2013 – 10h43

Fernando Trabach - Reprodução
Fernando Trabach - Reprodução

O posto Metta, que explodiu na noite desta quarta na rodovia Washington Luís, faz parte da rede de empresas do empresário Fernando Trabach, suspeito de ter criado o “fantasma” George Augusto Pereira, que fechou negócios milionários com diversos órgãos públicos.

Bruno Gonzales - Extra
Bruno Gonzales - Extra

O posto fica localizado ao lado da empresa Sinnal Visual Rio Comunicações e Produções, que tem como sócios a mulher e o filho do empresário. Segundos agentes da Delegacia Fazendária, que investiga Trabach, a GAP Comércio e Serviços Especiais, empresa investigada pela DelFaz que já foi visitada por agentes, fica num terreno atrás do posto.

Leia mais: Extra

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. Gente, NÃO FOI O POSTO QUE EXPLODIU, mas o carro que explodiu dentro do posto porque estava usando cilindro de gás inadequado, licença para usar GNV vencida.

    Vejam as recomendações que os Postos de Gasolina devem seguir na hora de abastecer e, que deve ter cartazes espalhados pra tudo quanto é lado dentro do Posto tais como:(no mínimo)

    1. Desligar o celular.
    2. Descer do carro enquanto estiver abastecendo.

    A IMPRUDÊNCIA HUMANA quer seja do motorista quanto dos proprietários do posto de Gasolina levou a esta fatalidade. Como os documentos do veículo NÃO estavam em dia vai sobrar para o motorista do carro e, respingar responsabilidade civil subsidiária no Fernando Trabach GoMes ou George Augusto Pereira da Silva?

Deixe uma resposta

Fechar Menu