Opiniões

Artistas prometem sair às ruas contra censura a Nelson Rodrigues

Não bastassem todos os motivos para que os “Cabruncos Livres”, os médicos de Campos e os ex-catadores de lixo da Codin julgam ter para ir às ruas cobrar a administração municipal de Rosinha (PR), depois da polêmica aberta  pela denúncia de censura no Trianon à peça “Bonitinha, mas Ordinária”, de Nelson Rodrigues, por conta de supostos motivos pessoais e religiosas da prefeita (conheça o caso aqui e aqui), os artistas de Campos prometem também protestar publicamente amanhã, pelas ruas do município controlado há 25 anos por um grupo político que — entre a tragédia e a comédia da vida real, fundamentadas nas artes desde a Grécia Antiga — foi formado justamente no teatro. Para quem nele ainda está, ou pelo menos não esqueceu das suas origens, seja na arte ou na vida que a imita, segue abaixo a convocação dos artistas de Campos, para o protesto contra a censura e a favor do maior dramaturgo brasileiro, amanhã, às 17h, na praça São Salvador, que está rolando desde cedo na democracia irrefreável das redes sociais…

Atualização às 19h46: A sempre atenta jornalista e blogueira Susy Monteiro já havia anunciado aqui, desde às 11h20 da manhã, a convocação virtual à reação real dos artistas de Campos, contra a denúncia de censura de Nelson Rodrigues no Trianon.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 6 comentários

  1. Cara Francine,

    Até porque a abordagem à convocação dos artistas é nova, não há pleonasmo na notícia, mas seu reforço. De qualquer maneira, vc está absolutamente certa: a Susy noticiou antes. Não por outro motivo, a atualização com o crédito devido já foi feita na postagem. Agradeço, portanto, o toque.

    Abç e grato pela colaboração!

    Aluysio

  2. Os artistas foram convocados e proibidos por Patricia Cordeiro de participar de qualquer manifestação.
    Quem participar não entra mais na FCJOL e se tiver que ser contratado, ela não contrata mais.
    Essa Senhora vai acabar com a Administração da prefeita Rosinha Garotinho.
    Será que ela pensa que estamos vivendo na ditadura?
    Isso tem que acabar. Ela não pode ameaçar ninguém, mesmo pq o dinheiro é do povo e não dela.

  3. Até agora não vi nenhuma honestidade nas materias ao blogar dizendo que tudo é suposição, creio que o veto por credo religioso nasceu de uma mente manipuladora que tenta induzir a opinião publica sem assumir publicamente de que o veto realmente e por questão religiosa.
    Assim como a imprensa deturpou o projeto de tratamento psicológico para que o homossexual possa procurar tratamento por entender que ele não vive dentro dos padrões que foi gerado e deram o nome de “Cura Gay”, assim tambem estão deturpando uma decisão interna do Trianon e querem impor através de declaracoes de suposições, levar o povo a acreditar que tal ato partiu da Prefeita, a imprensa marron ainda continua sendo um malefício para o Brasil, so publicam aquilo que lhes garante retorno… Porque o blogueiro não afirma que a causa é religiosa e que partiu da Prefeita? Porque com certeza sabe que lhe caberia um processo de que calunia é crime e que calúnia na verdade é uma mentira induzida com um propósito especifico!!!

  4. Caro Genildo,

    Quem afirmou que houve censura à peça de Nelson Rodrigues por motivo religioso e pessoal da prefeita, como está claramente posto a quem saiba ler, foi o diretor do grupo teatral carioca “Oito de Paus”, que a apresentaria em Campos, Luís Felipe Perinei. Por gravíssima, a denúncia de censura teve repercussão em mídia nacional, não apenas na de Campos. De qualquer maneira, mesmo que Perinei não tenha nada além da sua palavra para provar o motivo da censura que lhe teria sido repassado ao telefone pelo superintendente do Trianon, João Vicente Alvarenga, o diretor carioca pelo menos provou, na revelação dos e-mails trocados, que não existiu nenhum problema de documentação, alegado só no dia seguinte, na “versão oficial”, como causa do cancelamento. Ciente de que dois mais dois não costumam ser cinco, que vc e os demais leitores, a maioria de opinião aparentemente oposta à sua, tirem suas próprias conclusões…

    Abç e grato pela chance de esclarecimento!

    Aluysio

  5. Ok Aluisio, se de ato partiu da prefeita, e gravíssimo, o que não creio, pois ela tem que governar para todos e temos tido prova disto em eventos públicos, porque ela o faria em um privado onde se paga para entrar? Não acha isso meio suspeito? O campista está tão acostumado em ver sua cidade como vergonha nacional, que sempre tem alguém querendo leva-lá de volta ao cenário externo como uma cidade sem lei… Lamento muito, deveríamos expurgar esse maus elementos que tentam sim, fazer desta cidade um lugar ruim para se viver, tenho orgulho de ser Campista nos meus 60 anos de idade e creio estamos no caminho de vê-lá melhor.
    As urnas são nossas armas para defender a cidade e nosso País, que os eleitores evoluam e usem-na livrando-se dos oportunistas de plantão que só visam cargos públicos, porque a imprensa não faz um trabalho sério e constante em cima disto? Será que também não estão no mesmo contexto? Gostaria muito de não generalizar, mas, é quase impossível, porque creio que também perderiam.
    Peço desculpas porque, ora reconheço que sou muito radical e nem tudo o que pensamos devemos expor publicamente, há pessoas que acabam interpretando erroneamente um pensamento como se o comentarista tivesse vínculo com o governo, falo o que penso e peço desculpas aos que discordam, obrigado pela resposta educada que é característica de pessoas inteligentes.

Deixe uma resposta

Fechar Menu