Opiniões

Três candidatos à Alerj é muita pretensão do PT de Campos?


PT de Campos pode marchar com três nomes para a Alerj

Por Saulo Pessanha, em 29-07-2013 – 16h59

O PT de Campos já teve alguns representantes no Legislativo municipal por força do prestígio individual dos eleitos. Sim, porque o partido nem sempre consegue aglutinar forças. Quase sempre vai rachado para as eleições. Agora, para 2014, não será diferente.

E olha que a eleição não é para a Câmara de Vereadores. A tarefa é muito mais difícil.

O PT, veja só, em uma disputa para a Assembléia Legislativa, quando, com um candidato, já teria muitas dificuldades em elegê-lo, deve ir com três nomes. É muita pretensão.

Pode ser que, mais na frente, o PT tenha a compreensão de que não tem condições de concorrer com tanta gente e racionalize pretensões internas. Afinal, dos três postulantes, apenas Marcão, que é vereador, já foi testado e aprovado nas urnas.

Mas o PT está longe de chegar a um consenso. Odisséia Carvalho, suplente nas duas eleições que disputou para a Câmara de Vereadores, antecipou, em entrevista ao jornalista e blogueiro Aluysio Abreu Barbosa (aqui), que não tem planos para declinar de sua pré-candidatura.

Da mesma forma, Alexandre Lourenço, que também se coloca como pré-candidato dentro do PT na eleição para a Alerj, declarou que não pensa em desistir. “Sou pré-candidato de oposição ao governo Sérgio Cabral, com o apoio de Alessandro Molon” (leia aqui).

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu