Opiniões

Clarissa na Alerj com a cara de Zé Dirceu para votar contra proibição de máscaras

Na véspera do julgamento do Mensalão, Clarissa com a máscara de Zé Dirceu e o cartaz “PT é Mensalão” na votação de hoje na Alertj
Na véspera do julgamento do Mensalão, Clarissa com a máscara de Zé Dirceu e o cartaz “PT é Mensalão” na votação de hoje na Alerj (foto de Marcos de Paula/Estadão Conteúdo)

O projeto de lei que proíbe máscaras em protestos, proposto pelos deputados Domingos Brazão e Paulo Melo (PMDB), foi aprovado no Rio, em sessão que começou por volta das 16h30 desta terça-feira (10) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O texto aprovado sofreu duas alterações. As máscaras poderão ser usadas em eventos culturais e, se uma pessoa for presa com o rosto coberto em uma manifestação de rua, ela deverá ser encaminhada para uma delegacia. O projeto agora vai à sanção do governador Sérgio Cabral, que tem o prazo de 15 dias para aceitar ou vetar.

Das 13 emendas apresentadas, apenas duas foram incorporadas. A emenda 6, artigo 2 que diz que “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”.  A emenda 13 diz que a lei não se aplica às manifestações culturais estabelecidas no calendário oficial do estado, como o carnaval; e que considera-se comunicada a autoridade policial quando a convocação para a manifestação ocorrer pela internet com antecedência igual ou superior a 48 horas. As manifestações quando não forem convocadas pela internet devem ser comunicadas previamente ao batalhão da área, com até 48h de antecedência.

Manifestantes, que não usavam máscaras, contrários à lei foram impedidos pela segurança da Assembleia Legislativa de entrar no plenário. Questionado sobre os jovens barrados, o presidente da Alerj, Paulo Melo (PMDB), alegou que o grupo portava pedras. No entanto, os manifestantes não chegaram a ser revistados pelos seguranças. Apenas pessoas favoráveis ao projeto de lei tiveram a entrada garantida na Casa. A medida provocou revolta entre os que ficaram do lado de fora, e houve princípio de tumulto.

“Porque a presidência tem uma responsabilidade. Isso [Palácio Tiradentes] é um patrimônio público e não vamos permitir que se entre para depredar. Esse é um poder decisório do presidente (..) Eles não têm máscaras, mas tinham pedras e mochilas, inclusive. Por isso, a presidência tomou a decisão de não deixar entrar”, tentou explicar Melo.

Apesar da justificativa do presidente, a assessoria de imprensa da Alerj havia informado que apenas 75 pessoas tinham sido autorizadas a entrar para acompanhar a votação, e que esse seria o número limite que a segurança da Casa poderia permitir nas galerias do plenário.

Paulo Melo criticou o uso de máscaras em manifestações, argumentando que os mascarados são uma “afronta às autoridades”. “Mantivemos o espírito do projeto, que é impedir que mascarados continuem afrontando as autoridades e a população, e impedindo as pessoas de se manifestarem livremente. Isso não é o bom hábito da democracia . Nem na ditadura, as pessoas protestavam usando máscaras”, disse o presidente da Alerj.

Emendas

Durante a leitura das emendas, que atrasaram a votação em uma semana, manifestantes a favor da proibição mostravam faixas com dizeres como “Brasil, mostra sua cara”. Cerca de 10 ativistas contrários ao projeto de lei foram barrados na Alerj, mas mesmo entre os deputados houve quem se manifestasse. Uma delas foi a deputada estadual Clarissa Garotinho (PR), que usou uma máscara de José Dirceu.

Segundo a assessoria de imprensa da Alerj, 12 deputados votaram contra o projeto de lei: Geraldo Pudim (PR), Marcelo Freixo (PSOL), Luiz Paulo Correia da Rocha (PSDB), Clarissa Garotinho (PR), Comte Bittencourt (PPS), Inês Pandeló (PT), Janira Rocha (PSOL), Samuel Malafaia (PSD), Robson Leite (PT), Gilberto Palmares (PT), Cida Diogo (PT) e Lucinha (PSDB).

“Esse projeto de lei lamentavelmente aprovado na Alerj é inconstitucional. O uso de máscara não é anonimato. A máscara é um símbolo de protesto. Essa lei é um grande equívoco que só vai criar mais conflitos nas ruas criminalizando quem decidir usar máscaras para protestar”, frisou o deputado Marcelo Freixo (PSOL), acrescentando que diante da aprovação da lei a policia será obrigada a mandar que os manifestantes tirem as máscaras, quando antes a polícia poderia apenas abordar quem fosse suspeito.

Votação

Antes da votação, Clarissa Garotinho disse que o projeto de lei é inconstitucional porque só quem pode legislar sobre o tema é o Congresso Nacional. “Não podemos acabar com a irreverência característica do povo carioca. Nem toda máscara significa anonimato. Mas pode ser um instrumento de protesto. Nós somos contra o vandalismo, mas a polícia tem que ser mais eficiente quanto a isso”.

Clarissa foi uma das coautoras de 13 emendas propostas ao projeto, que retornou à Comissão de Constituição de Justiça para avaliação. As emendas foram propostas por sete deputados diferentes: 3 de Gilberto Palmares (PT) e uma do deputado Bruno Correa (PDT); 8 de coautoria de Clarissa, Luiz Paulo (PSDB), Comte Bittencourt (PPS) e Geraldo Pudim (PR); e uma do deputado Jânio Mendes (PDT).

O deputado Luiz Paulo (PSDB) falou no plenário que os direitos às manifestações populares deve ser respeitado: “Se o cidadão opta por ir à manifestação mascarado, ele tem que se identificar. O que fere mais é a questão da máscara”.

“Infelizmente, há aqueles que, mascarados e armados se infiltram nessas reuniões públicas a fim de cometer crimes. É, portanto, dever do parlamento elaborar uma lei que proteja essas magníficas demonstrações de civilidade, que não podem ser manchadas por aqueles que não querem nem conseguem viver sob regime democrático”, diz o texto da justificativa do Projeto de Lei 2.405.

Se decretada, a lei também vai determinar que qualquer ação seja apresentada na prefeitura da cidade antes de sua realização. Ou seja, as manifestações só poderão ocorrer mediante prévio aviso à autoridade policial. Neste caso, a comunicação deverá ser feita na delegacia mais próxima a onde o ato será realizado.

De acordo com o projeto de lei, os policiais só poderão intervir para garantir a defesa dos patrimônios público e privado, das pessoas ou de sua própria defesa.

‘Black Bloc’

No dia 25 de agosto, o movimento Black Bloc RJ publicou um texto no perfil do Facebook em que eles dizem que a prática do grupo tem que ser revista com urgência já que notaram um aumento na rejeição por parte da população. Eles também alegam que muitas pessoas usam o nome do grupo para depredar a cidade.

“A destruição do patrimônio público e privado ‘à la Bangu’, tem sido frequente e muitas vezes de forma injustificável! Banca de jornal atacada? Por quê? Pra quê? É compreensível quando arrancamos placas de trânsito e queimamos lixeiras para fazer barricadas contra o avanço da polícia porque nós sabemos o que eles fazem, mas o que temos visto é um descontrole, um corre-corre, perdoem-nos o termo, imbecil, que só faz dispersar o grupo tornando a palavra BLOCO, uma piada!”, afirma parte do texto publicado.

Fonte: G1, matéria de Pricilla Souza.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 21 comentários

  1. Essa garota é pau mandado.Não acredito no seu talento.

  2. Não entendo porque tanta apologia ao uso das mácaras. Se querem protestar, que o façam de cara limpa. Afinal, de que esses mascarados têm medo. Se não querem mostrar o rosto, então fiquem em casa.

  3. Só que o “tiro pode sair pela culatra”, isto é, se ela é contra a proibição dos “mascarados”. Se ela pensa que “marcou ponto à favor” com tal desaprovação, errou.

    Além disso, com ou sem máscaras, há uma grande massa da população com a chamada “Fora Garotinhos”.

    E já que estamos no “tema sobre máscaras”, em relação aos “Inhos”, mesmo de ‘cara lavada’ eles estão sempre “mascarados”. São ‘mascarados’ de nascença, é uma questão de DNA.

  4. Quanta incoerência. Em Brasília o PR é aliado do PT. Se o PT é do mensalão e o GAROTISMO representa o que? ONGs, Silveirinhas. Falo em Garotimos por que este grupo cada dia esta em um partido.

  5. tá aprendendo com o papai..

  6. Se baderneiros mascarados podem se esconder para depedrar patrimonio publico e privado, daqui a pouco, a policia tambem tera o mesmo direito para se resguardarem… Quando baderneiros sao abordados e estao mascarados, a policia exerceu abuso de autoridade, mas, quando policiais sao agredidos, ficam impunes… esta dificil entender, as leis continuam beneficiando os malfeitores, sejam os de Brasilia, sejam os baderneiros saqueadores!!!

  7. Estão fabricando as mascaras de:Silverinha, Álvaro Lins,garotinho, os 46 envolvidos no esquema das ONGs, GAP…Ufa!!Macaco só olha para o rabo dos outros.

  8. Parabéns pela coragem Clarissa Garotinho!

  9. QUEM USA MASCARA É BANDIDO E QUEM APOIA BANDIDO,BANDIDO É.PESSOA HONESTA FAZ MANIFESTAÇAO DE CARA LIMPA.

  10. ODRACIR SATIERF, vc está colocando o mensalão apenas na conta do PT? Valdemar é do PR e vários outros partidos envolvidos.

  11. Onde entra a máscara dos “INHOS” de CAMPOS DOS GOYTACAZES e a formação de QUADRILHA. Quem ocupa espaço PÚBLICO se justificando que é em benefício do COLETIVO, realmente não deve nos REPRESENTAR… Como o grupo tem mais de um DEPUTADO gostaríamos de ver os MASCARADOS CARIOCAS TAMBÉM…

  12. Sarney, Sarney filho e Roseana Sarney.
    Antônio Carlos Magalhães, ACM Filho e ACM Neto.
    Garotinho, Clarissa e Wladimir.
    Metástases são assim mesmo, se espalham pelos organismos e deles se nutrem até comprometê-los completamente.
    Bom dia.

  13. “Locação de veículos em empresas FANTASMAS”, “bando de SANGUESSUGAS”, “MENSALÃO pt”, “grupo dos “INHOS”, “MENSALÃO psdb MINEIRO, MENSALÃO do dem BRASILIA”, “superfaturamento das obras do METRO DE são paulo -psdb”. Não basta estas máscaras OCULTAS…

  14. ela e a favor das mascaras, porque os bardeneiros sao capangas do pai dela, e sem mascara iria ficar ruim de fazer baderna. pois e so isso q o pai dela sabe fazer jogar a opiniao publica contra deus adversarios

  15. MUITO FÁCIL E OLHA O RABO DOS OUTROS. SUJO FALANDO DE OUTRO SUJO. VAI SE LIMPAR PRIMEIRO.

  16. Paulo Henrique uem falou ue mensalão é PT foi a Deputada eu comprovei a incoerência da mesma. Mensalão é igual GAP etc.

  17. Não nega que é da família…adora aparecer!!!!!!!!!
    FORA FAMÍLIA!!!!!!!!!!!!!!

  18. Tão preocupados com mascaras… baderneiros, bandidos são nossos políticos que roubam o povo, disso ninguém comenta nada…é povo na próxima eleição votamos neles de novo.

  19. PARA APROVAREM UMA LEI QUE DIMINUA A POBREZA NINGUÉM CRIA NENHUMA LEI, AGORA PARA SE LIVRAR DE MASCARADOS, NO INSTANTE UM DESSES “POLÍTICOS” CRIA UMA LEI PROIBINDO E A CASA FICA CHEIA DE “POLÍTICOS” (PARA NÃO CHAMAR DE OUTRA COISA E SER BARRADO NA MODERAÇÃO!).
    ALÉM DO MAIS, ESTA LEI É INCONSTITUCIONAL E SE EU FOSSE OS MANIFESTANTES, TODO MUNDO FICARIA COM MÁSCARAS SEM EXCEÇÃO, COMO FORMA DE PROTESTAR AINDA MAIS DIANTE DESTA AUDÁCIA DOS POLÍTICOS EM CRIAR LEIS PROIBINDO O USO DE MÁSCARAS.
    ASSIM É FÁCIL, TAMBÉM VOU CRIAR UMA LEI QUE PROÍBA OS POLÍTICOS A CONTINUAREM A ROUBAR DIANTE DO NOSSA CARA!!! ORA BOLAS, VÃO TRABALHAR SEUS “POLÍTICOS HONESTOS E SANTOS!”

  20. Concordo Adwalto ,tem muita gente suja falando e tirando de limpinho.

  21. que talento essa menina tem.

Deixe uma resposta

Fechar Menu