Opiniões

Flagrantes da sessão esvaziada para não votar ontem audiência da cultura

Nos flagrantes registrados na sessão de ontem na Câmara, pelo repórter fotográfico da Folha Rodrigo Silveira, sobretudo no contraste entre as três primeiras e as duas últimas imagens, perceba a manobra de esvaziamento da bancada da situação que, segundo revelou aqui o jornalista Ricardo André Vasconcelos, foi ordenada pela própria prefeita Rosinha (PR), via sua ex-secretária e atual vereadora, Linda Mara (PRTB), visando esgotar o quórum mínimo e evitar a votação do pedido de audiência pública para debater a cultura de Campos, assinado conjuntamente pelo oposicionista Rafael Diniz (PPS) e pela governista Auxiliadora Freitas (PHS), também presidente da Comissão de Cultura do Legislativo…

Magal usa a tribuna, com governistas (nas duas fileiras de costas e na primeira e terceira à frente) presentes
Magal usa a tribuna, com governistas (nas duas fileiras de costas e na primeira e terceira à frente) presentes
Outro ângulo da maciça presença dos edis da situação, assim como da oposição
Outro ângulo da maciça presença dos edis da situação, assim como da oposição
Magal continua a falar e os governistas continuam presentes
Magal continua a falar e os governistas continuam presentes
Na pressa de esvaziar a sessão, a vereadora Dona Penha (DEM) esqueceu até a bolsa
Na pressa de esvaziar a sessão, junto com os colegas da situação, a vereadora Dona Penha (DEM) esqueceu até a bolsa
Governista Abdu Neme volta à sessão esvaziada para recolher suas coisas
Governista Abdu Neme volta à sessão esvaziada para recolher suas coisas
fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. Que coisa vexaminosa. Eu me recuso a chamar essa gente de vossa excelência. Prefiro usar outro pronome de tratamento, evidentemente impublicável. Só para constar, vereadores da situação: nossa gente se envergonha de vocês e na incapacidade de exercerem seus mandatos com altivez e honradez. Lamentável.

Deixe uma resposta

Fechar Menu