Manobra governista com Patrícia Cordeiro para estancar desgaste do “Verão da Gastança”

Por Ricardo André Vasconcelos, em 03-04-2013 – 19h39
patricia cordeiro FCJOL

No entorno da prefeita Rosinha Garotinho está sendo urdida uma estratégia para tentar estancar o desgaste com a gastança do verão. A ideia é aprovar um convite da bancada governista para a presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, Patrícia Cordeiro Alves Alencar, comparecer para apresentar um balanço da área cultural.

A iniciativa esvaziaria as investidas do quarteto da oposição, que não dá sinais de trégua e vai insistir na apresentação de requerimentos de informação e para que Patrícia compareça para dar esclarecimentos sobre os gastos com shows e infraestrutura do verão no Farol de São Thomé. Na última quarta-feira o desespero foi tanto, que os governistas deixaram o plenário às pressas para que não houvesse quórum para votação de mais um requerimento da oposição.

Convidada da situação ou da oposição, a dirigente da “política cultural” do município não vai ter como fugir de assuntos incômodos a serem levantados pela oposição. Por isso, estaria sendo submetida a um treinamento intensivo para o embate inevitável.

O argumento que teria convencido a prefeita a aderir a estratégia é que quanto mais o governo blindar a Fundação Cultural mais está ajudando a prolongar o desgaste.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 9 comentários

  1. carlinhos j.carioca

    É muita blindagem e maquiagem!Enquanto tanto dinheiro é jogado nessa “cultura”…o setor de saúde ta cada vez pior!Hoje fui ao HGG marcar retorno para o cardiologista e pasmem foi marcado para 02 de junho!E olhe que tentei argumentar que estava com exames para mostrar a esse médico desde de nov. de 2013,já que o exame de sangue(foi feito em um laboratório fora de Campos,deve ser mais barato),e mesmo só chegou no final de fevereiro de 2014!Mas,agora vem mais “curtura” que é esse famigerado carnaval…mas o povo gosta e ca´pra nós DA VOTO!

  2. Juçara

    Vai precisar de muiiiiiiiiiito argumento para explicar. Vamos aguardar !!!!

  3. wanderley

    Não adianta perguntar nada a essa tal Patrícia, ela naturalmente se esquivará dando respostas que bem entender. O correto seria comprovar os valores superfaturados e exigir dela o ressarcimento da diferença. Ai sim, ela se vendo responsabilizada, com certeza, ira denunciar aquele que levou vantagem com a (trecho excluído pela moderação).

  4. leonardo

    Tá na hora de começar a extirpar essa gente de Campos.Acoooooorda povo.

  5. Adriano Barcelos

    Manobra nada! Essa dita Oposição também é uma piada sabe… o jeito vai ser os cidadãos comuns começarem a expor as vergonhas do Ministério Público em todas as suas esferas e protocolarem documentos exigindo a desautorização dos vereadores e fazer investigações nós mesmo, zeros à esquerda, votos vencidos!!!!!!!

  6. Sérgio

    Antes de Rosinha, ninguém sabia que a “grande” Patrícia era uma pessoa envolvida com a cultura na cidade. Nunca vi produzindo nada realmente cultural. Perdão, produzi sim, shows com bandas “baianas”(entenda como quiser).

  7. fabio

    E ela vai explicar o que ???

    nao tem explicacao…. (trecho excluído pela moderação) !!!

    e como diria seu pai… PONTO FINAL !

  8. Roberto

    Com a palavra o ministerio publico, que nao se pronúncia.

  9. POLLYANA

    Ela tem “olhos” bem grandes, né?

Deixe um comentário