Opiniões

Wladimir já havia antecipado apoio de Cabral à candidatura de Crivella

Wladimir, Garotinho, Crivella e Cabral (montagem de Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

“A candidatura de Crivella (PRB) a governador veio por um pedido da presidente Dilma (PT), que queria ter mais um palanque no Rio. Depois, sem conseguir atrair outros partidos ou apoios, ele decidiu desistir. Cabral (PMDB) soube e chamou Crivella, pedindo para manter a candidatura, que ele iria ajudar, porque precisava dela para tentar impedir a volta de Garotinho (PR) ao governo do Rio”. Dada desde a semana passada, em conversa antes da entrevista publicada no domingo aqui, o presidente do PR em Campos, Wladimir Garotinho, já havia antecipado o que o jornalista da Veja Lauro Jardim noticiou ontem aqui, no “Radar on-line”, e o “Ponto de Vista” do Christiano Abreu Barbosa foi o primeiro a divulgar, aqui, na blogosfera local.

Em estilo mais virulento que o do filho, foi a mesma coisa que Anthony Garotinho repetiu hoje, aqui, em seu blog. Já a “ajuda” que, segundo antecipou Wladimir, teria sido prometida por Cabral, Lauro Jardim revelou já ter começado, com a retirada da pré-candidatura própria a governador do PSC, para que o partido iniciasse entendimentos para o apoio à caminhada de Crivella ao Palácio Guanabara.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. Acho que a (trecho excluído pela moderação) é transmitida de pai para filho…

Deixe uma resposta

Fechar Menu