E na novela dos terceirizados…

CHARGE 23-07-2014

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. JOSE GERALDO

    Parabéns pela ilustrativa charge. A decisão da desembargadora do tribunal de justiça do RJ fere de morte o Princípio Constitucional da Transparência na gestão pública.

    O espelho de um judiciário decadente e que decide contrário ao interesse público (do povo), que lhes paga polpudos salários.

    Só pra refrescar a memória nossa que é bem curta, notícias no final do ano de 2012, davam conta de que estes senhores desembargadores do RJ embolsaram dos cofres do povo, só no mês de dezembro de 2012, para cada um deles e incluindo os inúmeros benefícios, inclusive o vale-alimentação de R$1.700,00/mês (coitados, ganham tão pouco né?)

    Só pra refrescar a memória nossa que é bem curta, notícias no final do ano de 2012 davam conta de que estes senhores desembargadores do RJ, só no mês de dezembro de 2012, para cada um deles e incluindo os inúmeros benefícios, inclusive o vale-alimentação de R$1.799,00/mês (coitados, ganham tão pouco né?) embolsaram dos cofres do povo, valores individualmente que variaram entre R$150.000,00 a R$ 500.000,00.

    O BÓRIS CASÓI diria assim: ISTO É UMA VERGONHA!!!

  2. maria

    Estado Democrático de Direito?

  3. POLLYANA

    Na cidade do Valão Milionário do Cocô Iluminado, tudo é possível. Em tal cidade, as Leis do Brasil não são aplicáveis. Aqui a pouca-vergonha, o pouco caso e o deboche é o que prevalece. Somos uma cidade sem Lei, Ordem e Moral.

Deixe um comentário