Opiniões

Ponto final — Dilma e Aécio chegam ao último round sem nenhum nocaute

Ponto final

 

 

O último round (I)

Se alguém esperava um nocaute no debate de ontem da Globo entre os candidatos à presidência da República, que bateu todos os recordes de audiência, ele não houve. No máximo, uma vitória por pontos para Aécio Neves (PSDB), que se saiu melhor, sobretudo, nos dois blocos onde os presidenciáveis responderam às perguntas dos eleitores indecisos. Treinada para o embate direto com seu adversário, a presidente Dilma Rousseff (PT) acentuou suas conhecidas limitações retóricas na hora de improvisar, chegando a ter sua conjugação verbal corrigida ao vivo pela eleitora que tentava responder.

 

O último round (II)

Oito pontos percentuais atrás de Dilma pelo Ibope e seis, pelo Datafolha, nas pesquisas divulgadas (aqui) na quinta, mas 9,2 pontos à frente da presidente, no levantamento Sensus liberado ontem (aqui), Aécio abriu o debate ecoando as denúncias de Alberto Youssef, preso na operação Lava Jato. Segundo divulgou a revista Veja, o doleiro preso afirmou à Polícia Federal e ao Ministério Publico Federal que tanto Dilma, quanto Lula, sabiam do caso conhecido como “Petrolão” (aqui), que desviou R$ 10 bilhões da Petrobras para financiamento de partidos e campanhas, incluindo a de 2010, que elegeu a presidente.

 

O último round (III)

Dilma se defendeu atacando, lembrando do Mensalão Mineiro, ligado aos tucanos. E nessa ação e reação de pugilato os dois candidatos seguiram sempre que um perguntava ou respondia ao outro. O melhor momento de Dilma foi quando ela lembrou o programa fictício “meu banho, minha vida”, ironia do jornalista José Simão sobre a falta d’água em São Paulo, governado pelo tucano Geraldo Alckmin, reeleito no primeiro turno. Já Aécio, foi enfático ao repetir uma opinião compartilhada por parcela cada vez mais significativa dos brasileiros: “A maneira mais eficaz de combater a corrupção é tirar o PT do poder”.

 

O último round (IV)

Se o clima de luta de boxe tem imperado desde o início da campanha, considerada por muitos como a de nível mais baixo em toda a história da República do Brasil, o debate de ontem não foi exceção. Mas diferente de outras vezes, pelo menos, o medo de perder por um erro no último round fez com que ninguém batesse abaixo da linha da cintura. Sem nenhum nocaute e à parte qualquer opinião, inclusive a contrária à mudança de opinião, a decisão agora cabe apenas aos jurados: você e os demais 142.822.037 eleitores brasileiros. Boa sorte!

 

 

Publicado hoje na Folha

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 7 comentários

  1. Gostei muito da matéria e agora resta pedir a Deus que oriente o eleitor brasileiro. Se não encontrarmos um candidato melhor, que votemos no menos pior. Eu voto Aécio Neves 45.

    Parabéns.

  2. Aécio: tudo no governo Dilma está errado. Mas, vou manter todos os programas sociais do PT.

    Isso é que é postura. Isso é PSDB.

  3. VAMOS COMER OVOS PARA COMBATER INFLAÇÃO VAMOS APOSENTAR COM 65 ANOS QUANDO ESTIVER PRESTE A MORRER MINHA CASA MINHA VIDA PARA (trecho excluído pela moderação) TOMAR CONTA DO PROGAMA DO PT QUERIAMOS EM JUNHO DESTE ANO MUDANÇA A HORA E ESSA PENSE BEM AECIO 45.

  4. ESQUECI DO PRONATEC JOVENS CONCLUI OS CURSOS DEPOISVÃO TRABALHAR TERCEIRIZADAS PETROBRAS AI EMPRES PEDE 2 ANOS DE EXPERIENCIA NA CARTEIRA ESSE E O PLANATEC QUE DILMA SE ENGRADECE VAMOS DE PT 45.

  5. Amei o comenterio de todo mundo por eu também vou votar em Aécio Dilma já foi presa ela roubou o Banco

Deixe uma resposta

Fechar Menu