Opiniões

Acic repudia aumento abusivo de Rosinha no IPTU e taxa de iluminação

A assessoria da Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic) divulgou hoje, no início da tarde, uma nota oficial de repúdio ao aumento de mais de 31% no IPTU e na taxa de iluminação pública, propostas pela prefeita Rosinha Garotinho (PR) e aprovada pelos vereadores governistas, com os votos contrários da oposição (relembre aqui). Confira abaixo:

 

Acic Campos

 

Acic repudia o aumento abusivo do IPTU e Taxa de Iluminação

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic), Amaro Ribeiro Gomes, informou que estará marcando reunião com a sociedade civil e organizada para discutir o aumento abusivo da Taxa de Iluminação Pública e do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) pela Prefeitura de Campos com o aval dos vereadores que aprovaram o reajuste.

Na manhã, desta quinta-feira, a diretoria da Associação Comercial e Industrial de Campos, realizou uma reunião para discutir este assunto. Após horas, decidiram convocar a sociedade para entrar nesta luta, já que os índices aplicados na correção do imposto superam aos índices da inflação do país e que vem desagradando tanto às pessoas físicas como os comerciantes.

Amaro Ribeiro Gomes, destacou que se existe defasagem deveria ser aplicado de forma escalonada para não prejudicar à população campista, que tenta manter suas obrigações em dia. O presidente da Acic também não tira a responsabilidade da Câmara dos Vereadores de Campos, que aprovaram o reajuste, sem que pelo menos discutissem os valores a serem corrigidos.

 

Atualização às 14h48: O blog Na Curva do Rio, da Suzy Monteiro, postou a informação em primeira AQUI.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 6 comentários

  1. Bando de covardes! Esses vereadores deveriam ter vergonha na cara! (Trecho excluído pela moderação)

  2. Fica faltando saber a posição da então aguerrida OAB e da CDL. Seria bom ouvi-los.

  3. (Trecho excluído pela moderação)
    COVARDES,Paus-mandados,representam bem quem votou em vocês.

  4. RIO – O prefeito de Itaguaí, Luciano Mota (PSDB), de 32 anos, que era visto desfilando na cidade ao volante de uma Ferrari avaliada em R$ 1,5 milhão ou usando ternos de até R$ 4,5 mil, está sendo apontado agora pela Polícia Federal como suspeito de chefiar um esquema que pode ter desviado até R$ 30 milhões por mês de recursos públicos — um terço da receita mensal do município, estimada em R$ 90 milhões. Provas contra o prefeito foram recolhidas ontem durante um operação da PF para cumprir 11 mandados de busca e apreensão, sete deles no gabinete de Luciano e em secretarias de Itaguaí.

    Três investigados prestaram esclarecimentos à PF. Uma funcionária da prefeitura, cujo nome não foi revelado, e os secretários Amaro Gagliarda (de Assuntos Extraordinários) e Ricardo Soares (de Turismo). Os dois últimos acabaram indiciados por desvio de verba pública, lavagem de dinheiro, fraude em licitação e formação de quadrilha. Outros dois acusados, Luciano Mota e o secretário de Transportes, Alex Lucena, não foram encontrados. Contra os cinco havia mandados de condução coercitiva (que permite à polícia obrigar um suspeito a depor), emitidos pela Justiça Federal.

  5. Pela verba mensal que entra no município, Campos era para ser a cidade que deveria oferecer o maior desconto no IPTU dentre outros e deveria considerar esta receita como secundária, aliviaria o bolso de uma população tão penalizada nos últimos anos, ao contrário o que se vê é um aumento extorsivo que vem penalizar mais ainda um povo que vive às custas de um salário que não e’ oriundo de indústrias, lavoura ou pecuária, uma cidade moribunda que vive às custas de um bem não renovável, sonho com um governo que invista os recursos de hoje para resgatar a lavoura, a pecuária e invista em viabilização de implantação de indústrias podendo ainda dar uma alavancada no turismo que é algo tratado de forma negligente, enquanto o povo for tratado como mero objeto de uso, mantidos em cativeiro eleitoral, Campos jamais se tornará uma cidade auto-suficiente, não adianta escolhermos um bode expiatório para pormos a culpa, o que Campos precisa e’ de pessoas que realmente amem a sua Pátria e a sua cidade, infelizmente nos últimos anos o que temos visto em toda a nação garantir perda de receita oriunda de um bem não renovável e suprir a perda com o arrocho do povo e’ algo inconcebível, o nosso povo e’ um povo pacífico e ordeiro, não merecem mais este sacrifício!!!

  6. DONA ROSA VC PODIA TER VETADO A TAXA DE ILUMINAÇAO E NAO O FEZ SUA FILHA CLARICE VOTOU CONTRA NO GOVERNO DE EDUARDO PAZ ELA HOJE E DEPUTADA FEDERAL O POVINHO (trecho excluído pela moderação)

Deixe uma resposta

Fechar Menu