Opiniões

PF prende prefeito do PT na BR 101 em Macaé quando recebia propina

 

 

Mais um escândalo envolvendo o Partido dos Trabalhadores (PT) ganhou destaque nacional nesta quarta-feira, dia 18, após a prisão do prefeito de São Sebastião do Alto, Mauro Henrique Chagas (PT). Ele foi preso pela Polícia Federal no estacionamento de um posto de gasolina na BR 101, em Macaé. Segundo a polícia, o político foi abordado durante o pagamento de uma propina no valor de R$ 100 mil, que teria sido exigida por ele mesmo, para que um empresário pudesse começar obras nas áreas de saúde e saneamento no município da Região Serrana do Rio, que fica já quase na divisa com o Noroeste Fluminense. O valor cobrado representaria  10% de duas licitações para a execução dos serviços.

O assunto foi destaque no Jornal da Globo já na madrugada desta quinta-feira. Segundo informações da InterTV  Serramar, afiliada da emissora, o empresário já sabia da operação e colaborou com a Polícia Federal. Os agentes teriam usado roupas de uma suposta empresa de terraplanagem para fazer o flagrante, cercando o carro do prefeito.

O G1 da Região Serrana também informou que entrou em contato com a assessoria do prefeito Mauro Henrique Chagas através de e-mail, conforme exigido pela mesma, mas até  por volta das 21h30 dessa quarta ninguém havia se pronunciado.

Mauro Henrique Chagas era vice-prefeito de Carmond Bastos (PT) e assumiu a prefeitura em abril de 2013. O prefeito eleito Carmod Bastos foi afastado do cargo após denúncias de irregularidades administrativas e instauração de uma CPI na Câmara de Vereadores. Carmond foi condenado por oito crimes, entre eles, fraudes em dispensa de licitação e aumento do próprio salário, sem lei que autorize.

 

Publicado aqui, na Folha Online

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu