Feijó: “No cargo, Rosinha vai reverter cassação na Justiça”

Feijó

 

 

“A disputa eleitoral no Brasil está ficando inviável, com tantos resultados das urnas alterados depois das eleições, pela Justiça Eleitoral em todas as instâncias. É a judicialização da política no Brasil, o que é lamentável. Mas acredito que a equipe jurídica da prefeita Rosinha (PR), que recorre no cargo, vai reverter essa decisão de primeira instância. Campos precisa de estabilidade”, pregou o deputado federal Paulo Feijó (PR), sobre a decisão do juiz da 99ª Zona Eleitoral (ZE) de Campos, Luiz Alfredo Carvalho Júnior, que cassou (aqui) os mandatos da prefeita Rosinha Garotinho (PR) e seu vice, Chicão de Oliveira (PP), tornando-os também inelegíveis por oito anos, a contar de 2012. O juiz entendeu que a prefeita e seu vice abusaram do poder político e econômico, ao realizarem, às vésperas das eleições, a contratação de milhares de servidores temporários, através do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

Aqui, confira a manifestação sobre o assunto de José Geraldo, candidato a prefeito de Campos pelo PRP em 2012, autor da ação.

Aqui e aqui, através do sempre atento Blog do Bastos, confira o contraponto feito pelo secretário de governo de Campos, Anthony Garotinho (PR), e do líder rosáceo na Câmara Municipal, vereador Mauro Silva.

 

Amanhã (17/07), confira a íntegra do que Feijó falou sobre o assunto na edição impressa da Folha.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe um comentário