Cunha é a moeda no leilão pelo impeachment de Dilma

Quando se fala de política nacional, há alguns o Ricardo Noblat se tornou referência como jornalista e blogueiro. Considerado inimigo pelo que restou do lulopetismo — tratamento biliar que esse movimento político, a exemplo local do garotismo, reserva a todos seus eventuais críticos —, ele trouxe hoje, aqui, em seu blog, um texto que desvela o ponto em que chegou o Brasil: leiloar entre governo e oposição o impeachment de uma presidente desastrosa na condução da economia nacional, com um dígito de popularidade e beneficiada política direta do maior escândalo de corrupção da história do país, tendo como moeda de paga a sobrevivência política de Eduardo Cunha (PMDB). Se, com trocadilho, por favor, Cunha é a moeda, fique Dilma ou saia, a certeza é do prejuízo de todos nós.

Abaixo, o esclarecedor texto do Noblat, intercalado pelas necessárias charges, também de hoje, de dois mestres na arte do José Renato, meu companheiro neste “Opiniões”: Chico Caruso e o Amarildo.

 

 

Chico Caruso 16-10-15

 

 

Jornalista e blogueiro Ricardo Noblat

Leilão define a sorte do impeachment

Por Ricardo Noblat

 

Que país é este capaz de reagir com naturalidade à notícia de que Lula e o governo negociam com Eduardo Cunha o sepultamento de pedidos de impeachment contra Dilma em troca da preservação do mandato dele, acusado no Conselho de Ética da Câmara de quebra de decoro parlamentar?

Lula desembarcou em Brasília, anteontem, como parte da operação de resgate duplo de Dilma e de Eduardo. No dia seguinte, o Procurador Geral da República denunciou pela segunda vez Eduardo ao Supremo Tribunal Federal pelo crime de ter escondido na Suíça dinheiro que recebeu como propina por negócios feitos com a Petrobras.

Pensa que Lula se chocou com isso? Que Dilma se chocou com isso? Que alguém dentro do governo ou dos partidos políticos se chocou com isso?

O cadastro de Eduardo é antigo. O modo dele de fazer política é antigo e, como observou outro dia o vice-presidente Michel Temer, peculiar. Logo… Logo o que Eduardo faz ou deixa de fazer não é novidade. É mais do que previsível.

Em 2003, quando o PT subiu com Lula pela primeira vez a rampa do Palácio do Planalto, poderia soar como novidade a disposição de ambos de se render a qualquer tipo de tentação para não abrir mão do poder.

Hoje, não mais. Não mais depois que uma sofisticada organização criminosa inventou o mensalão que desembocou no petrolão.

É por isso que nada mais surpreende um país anestesiado. Nem mesmo o leilão do qual participam o governo e a oposição para ver quem paga mais pela companhia de Eduardo.

Não é ele quem está em jogo, mas o poder. Se Eduardo arquivasse na próxima semana pedidos de impeachment que ainda não examinou, acabaria a história de derrubar Dilma.

O governo teria vencido.

Se admitisse a tramitação na Câmara de qualquer pedido, o processo do impeachment estaria apenas começando. Brilhariam os olhos da oposição, particularmente os de Aécio Neves.

Já, já ou mais adiante, o provável é que o governo vença o leilão. Ele tem muito mais a oferecer a Eduardo. Nada que seja confessável.

 

Amarildo 16-10-15

 

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. EDI CARDOSO

    CADÊ o povo brasileiro, aquele de 2013,irado ou pacífico, que foi PRA RUA BRIGAR POR MOTIVOS FÚTEIS???

    Somente para NÃO TER COPA E COBRAR MÍSEROS R$0,20 CENTAVOS DE TROCO??

  2. EDI CARDOSO

    Brasil mostra sua cara quero ver quem paga pra gente ser assim.

    Brasil!
    qual é o seu negócio
    nome do teu sócio
    confia em mim.

    DILMA E CUNHA. FORA!!!!!!!!!!!!!

  3. carlinhos j.carioca

    É REPUGNANTE ESSA POLITICA MESQUINHA QUE IMPERA NO NOSSO PAÍS!como brasileiro,claro que tenho que olhar para Brasilia,Rio de Janeiro e principalmente para a cidade que vivo e pago meus impostos diretamente.numa pousada em que eu estava(ES),tive a curiosidade de ler uma revista onde tinha uma matéria sobre uma jovem mãe usuária de CRAC…além de ficar penalizado com essa jovem,fiquei tb estarrecido ao ler que ELA HAVIA SACADO DINHEIRO DO BOLSA FAMILIA ACUMULADO POR 3 MESES E GASTOU TUDO EM DROGAS!Ora qd vejo as pessoas VENDENDO CASINHAS POPULARES,PONTOS DE TAXI,PONTOS NO CAMELÓDROMO E TANTAS OUTRAS COISAS QUE “NÃO PODERIAM SER VENDIDAS’,FICO A PENSAR,que esses benefícios sem controle servem em grande parte simplesmente para GANHAR VOTOS.A nossa cidade por exemplo não existe controle e prioridades para tal,é tudo eleitoreiro.Alguém saberia informar o quantitativo REAL ao nº de :casinhas populares,verdadeiros “motoristas de taxi” e (que realmente trabalham,não comissionários),proprietários de bancas no camelódromo,DAS,ambulãncias funcionando,frota de õnibus…epa,são informações “CONFIDENCIAIS,PURA CAIXA PRETA”!Mas como isso vem de cima,até LEILÃO JÁ ESTÃO FAZENDO COM A NOSSA CIDADE,VENDENDO O NOSSO FUTURO!

Deixe um comentário