Presidência da Câmara: quem perdeu, quem venceu e quem era o melhor

Aqui, o sempre atento jornalista Arnaldo Neto foi o primeiro na blogosfera goitacá a noticiar a vitória do deputado federal fluminense Rodrigo Maia (DEM) na eleição à presidência da Câmara Federal, no início da madrugada de hoje.

Mas se você quiser entender melhor o significado desse processo eleitoral, seu resultado, suas causas e possíveis consequências, leia a análise em resumo feita aqui, na democracia irrefreável das redes sociais, por um dos seus faróis nestes tempos turvos da vida nacional, o Ricardo Rangel, diretor de operações da Conspiração Filmes, a quem este “Opiniões” pede licença para reproduzir abaixo:

 

Rodrigo Maia comemora a vitória na eleição a presidente da Câmara (foto de Jorge William - Agência O Globo)
Rodrigo Maia comemora a vitória na eleição a presidente da Câmara (foto de Jorge William – Agência O Globo)

 

 

Ricardo Rangel, destaque na ágora das redes sociais
Ricardo Rangel, destaque na ágora das redes sociais

Rodrigo Maia é o novo presidente da Câmara dos Deputados, por 285 x 170.

QUEM PERDEU
Rogério Rosso
Marcelo Castro
Eduardo Cunha
Lula
A neo-oposição

QUEM VENCEU
Rodrigo Maia
Michel Temer
A antiga oposição
A Câmara dos Deputados
O Brasil

A nota dissonante são os 6 votos para Miro Teixeira, sem dúvida, o melhor candidato.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Paulo Henrique

    Você fez confusão, citou Michel Temer = a Brasil.

    1. Aluysio

      Caro Paulo Henrique,

      Por incapacidade, má fé, ou ambos, vc é (sempre) mt confuso. Como a postagem, escrita em português, deixa claro: o texto é do Ricardo Rangel, não meu. E quem igualou Temer ao Brasil foi vc, não ele, que se limitou a citar ambos (Temer e o Brasil) entre alguns outros que, na visão dele, sairam ganhando com a eleição de Rodrigo Maia à presidência da Câmara Federal.

      Abç e grato pela chance de evidenciar suas contradições!

      Aluysio

Deixe um comentário