Opiniões

“Modus operandi histórico e incoercível” tira rádio de Garotinho do ar

Aqui e aqui, os jornalistas Alexandre Bastos e Suzy Monteiro noticiaram a retirada do ar mais uma vez da rádio do grupo de comunicação do secretário municipal de Governo, Anthony Garotinho (PR), nas próximas 48h, por decisão do juiz da 249ª Zona Eleitoral (ZE) de Campos, Elias Pedro Sader Neto.

O magistrado esclareceu que não há conflito da sua decisão com o recente retorno ao ar da rádio, em decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no último dia 28. Na verdade, o juízo da 249ª ZE se baseou justamente na reincidência, nos dias 29 e 30, do surto de violentos ataques verbais contra juiz, delegado, promotores, candidatos e jornalistas, cometidos por Garotinho assim que sua rádio voltou ao ar.

Abaixo, com os colchetes do blog, para facilitar seu entendimento, leitor, alguns trechos da decisão:

 

“Inicialmente, convém assentar que a presente medida não se encontra em rota de colisão com a decisão proferida pelo Eg. Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro no mandado de segurança nº 359-54.2016.6.19.0000. Bem ao contrário, segue-o fielmente.

(…)

E assim se afirma, porque o primeiro representado [Garotinho], conquanto não seja candidato, é líder estadual do PR e, sabidamente, a locomotiva do grupo político que se encontra no poder executivo municipal, com pretensão à continuidade por meio do atual vice-prefeito, Dr. Chicão.

No plano dos fatos, a ampla degravação dos programas dos dias 29 e 30 de setembro provam, sobejamente, por seu conteúdo, a probabilidade de direito e a urgência do deferimento da tutela provisória (…)

Agora , a situação é ainda pior, pois o primeiro representado [Garotinho] retornou a rádio, nos programas dos dias 29 e 30, ainda mais ferino, apregoando, dentre outras muitas inverdades, manipulações e dubiedades, que o TRE/RJ desabonou a decisão que suspendeu o funcionamento do segundo representado [a rádio], quando na verdade apenas analisou aspectos instrumentais ligados à incompetência do juízo da 75ª Zona Eleitoral  [que tirou a rádio do ar nas duas vezes anteriores].

Não se pode olvidar, que a transgressão que se pretende prevenir trata-se de modus operandi histórico e incoercível do primeiro representado [Garotinho], o qual, assim, desde cedo, ingressou na vida política.

Por fim o próprio nome da rádio, expressamente alusivo ao “JORNAL O DIÁRIO”, mais do que pista, deixa escancarado que ambos são gêmeos xifópagos, e que o abuso do meio de comunicação aqui reclamado em face dos representados, constitui apenas uma pequena fração da realidade.

(…)

Outrossim, à vista da contumácia incoercível dos representados [Garotinho e a rádio], DETERMINO A IMEDIATA SUSPENSÃO  da programação normal da Rádio Jornal O Díario Ltda – EPP, por 48 horas (…)

Advirta-se que a presente multa processual não prejudica eventual imposição da multa eleitoral”

 

Confira abaixo, em suas três folhas, a íntegra da decisão:

 

rádio1

 

Rádio2

 

Rádio3

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 7 comentários

  1. EXCELENTE!!! Merecido, visto que o instrumento de comunicação é utilizado para manobra vil de uma mente poluida de ódio e manobras que mancham a história de Campos dos Goytacazes.Liberdade! Liberdade a planície goitacá e a nação goitacá.

  2. HUMMMMM!!!!

  3. Pela honra, pelo mérito, com a maior competencia, e com a palavra a justiça eleitoral,e o ministerio publico, com decisão em cima dos fatos com muitas autoridades.

    Mais uma vez,engrandecendo o pleito eleitoral do ano de 2016 !

    Parabéns !

  4. Pela honra, pelo mérito, com a maior competencia, e com a palavra a justiça eleitoral,e o ministerio publico, com decisão em cima dos fatos com muitas autoridades.

    Mais uma vez,engrandecendo o pleito eleitoral,de campos dos goytacazes, do ano de 2016 !

    Parabéns !

  5. Kkkk
    Hj e o dia
    Sera que ainda vai ter segundo turno?
    Acho que nem segundo turno
    O grupo atual vai.
    Rsrs

  6. Tomara Junior!

  7. HOJE É O GRANDE DIA DA DERROTA DAQUELE QUE SE ACHA O DONO DE NOSSA QUERIDA CIDADE CAMPOS-RJ. (NÃO MENCIONO “DOS GOYTACAZES”,PRIMEIRO PORQUE AQUI NÃO TEM NENHUM GOYTACAZES, SEGUNDO porQUE A MUDANÇA DE NOME FOI CRIADO PELO BOLINHA, SIM FOI O GAROTINHO).
    Esperei tanto por este dia, o dia em que nossos amigos Campistas irão se libertar finalmente deste que se acha o CORONEL da Cidade.

    “Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.” Assim diz o Senhor dos Exércitos!

    Deus seja louvado!

Deixe uma resposta

Fechar Menu