Transição: governo Rafael pede suspensão de mais terceirizações

Atual procurador Matheus José cumprimenta quem vai substituí-lo no governo Rafael, José Paes (Foto: Divulgação)
Atual procurador Matheus José cumprimenta quem vai substituí-lo no governo Rafael, José Paes (Foto: Divulgação)

 

 

Acabou há poucos minutos a segunda reunião de transição entre os governos Rosinha Garotinho (PR) e Rafael Diniz (PPS). Em outro encontro tranquilo, sem a presença de Rosinha ou do seu marido, Anthony Garotinho (PR), exonerado (aqui) da secretaria de Governo, o momento mais importante foi o pedido, feito pelo futuro procurador José Paes Neto, para que os rosáceos suspendessem quatro licitações das terceirizações publicadas no jornal carioca “Extra” e relevadas (aqui) pelo blog “Ponto de vista”, do Chistiano Abreu Barbosa.

Confira na reprodução abaixo:

 

(Reprodução da publicação das licitações de mais terceirizações, fetas pelo governo Rosinha, no jornal “Extra”)
(Reprodução da publicação das licitações de mais terceirizações, fetas pelo governo Rosinha, no jornal “Extra”)

 

Como resposta, ficou acordada uma outra reunião tratar tratar especificamente do assunto, provavelmente já amanhã, entre integrantes do governo Rosinha com o coordenador de transição Felipe Quintanilha (Controle Orçamentário e Auditoria). Do governo que se despede do poder, após oito anos, a partir de 1º de janeiro de 2017, participaram do encontro de hoje o procurador Matheus José e os secretários Roberto Landes (Fazenda), Frederico Rangel (Educação), Fábio Ribeiro (Gestão de Pessoas e Contratos) e Edilson Peixoto (Infraestrutura e Mobilidade Urbana).

 

Leia a cobertura completa da segunda reunião de transição na edição de amanhã (22) da Folha

 

 

fb-share-icon0
Tweet 20
Pin Share20

Deixe um comentário