Taxistas reagem a Uber, mas se calam ao “Nova Brasília/Espranada”

Os blogueiros da Folha Online Christiano Abreu Barbosa (aqui e aqui) e Alexandre Bastos (aqui, aqui e aqui) já trataram da questão da chegada do Uber em Campos, bem como da reação dos taxistas locais. Pois aqui, na democracia irrefreável das redes sociais, o jornalista e músico Rogério Soares de Siqueira fez uma indagação bastante pertinente aos taxistas de mesma cidade onde as lotadas atuam livremente, mesmo à margem da lei:

—  Qual sentido de se mobilizar contra o Uber se ao longo dos anos não me lembro de ver a mesma mobilização para combater o serviço de lotadas irregulares?

Abaixo, confira a íntegra da postagem do Rogério, com título no mais “fruentre” campistês berrado diariamente no chamamento das lotadas que os taxistas fingem ignorar:

 

Uber

 

Nova Brasília-Espranada!!!

 

Essa história do Uber causa furduncio onde quer que a empresa se instale. Campos não ta sendo diferente. A classe dos taxistas tem se mobilizado contra o serviço. Fica a pergunta: qual sentido de se mobilizar contra o Uber se ao longo dos anos não me lembro de ver a mesma mobilização para combater o serviço de lotadas irregulares? O Uber tem base contratual bem definida e criterios rígidos de qualidade. As lotadas pelo que lembro, são apenas parte de um grande esquemão que fixa ponto em frente a pontos de taxi( como é o caso da praça Sao Salvador) e de uma maneira pitoresca suplanta o incipiente sistema de transporte público do município. Reclamar do Uber parece um contrassenso a medida em que se é conivente com as lotadas.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Savio

    Há uma palavra, pelo menos, pra isso: __Hipocrisia!

    __Transporte de ônibus, insuficiente pra atender a população;

    __Transporte Alternativo, “Vans” oficiais, uma baderna!

    __Taxistas, com honrosas exceções, nem sempre se comportam como deveriam. Desde o respeito às leis de trânsito, a coisas como asseio pessoal (apresentação), ao respeito ao passageiro;

    __Transporte clandestino, um horror! E às claras, por toda a cidade, e a Guarda Municipal se faz de cega, surda, muda e tetraplégica.

    Por fim, mais uma mentira “gepetiana” do Coronel que agora é “Comandante” e respectiva consorte: _O tal “transporte rápido de superfície”.

    Isto posto, recusar o UBER, por qual razão? O que oferecem em “troca”? Falar nisso, o que estes vereadores que fazem propostas que atrapalham a vida da população, pensam? Ora, vão pro seus botecos preferidos, encham a cara, mas não encham mais o saco! Falta pouco, já vão tarde!

  2. cicero carlos queiros

    Pergunta que cabe, e agora com o responder a esse questionamento? Todos precisam trabalhar ,então vamos legalizar as van? Que a uber venha para o bem do povo, pois vivemos em um país democrático ou não? Tudo que for bom para o povo que venha.

Deixe um comentário