Wladimir aposta em Garotinho contra Paes e critica governo Rafael

 

Muito se comenta que, caso seja eleeito deputado federal daqui a 10 dias, Wladimir Garotinho (PRP) passará a mirar a eleição a prefeito de Campos em 2020. Nesta entrevista, a proposta era que analisasse os protagonistas das eleições a presidente e governador. Mas inevitável que visse Anthony Garotinho (PRP) pelos olhos do filho. Ainda assim, definiu acertadamente seu pai: “um sobrevivente” na briga com Romário Faria (Podemos) para enfrentar o líder isolado nas pesquisas, Eduardo Paes (DEM), no segundo turno. Ele aposta nisso, assim como no provável turno final entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) no pleito presidencial. Sobre o governo Rafael Diniz (PPS), sua análise tampouco surpreendeu: “um desastre”.

 

 

Jair Bolsonaro – Consegue reunir grande simpatia de parte da população por se encaixar no perfil de quem vai colocar ordem na casa. Pesa sobre ele o receio do autoritarismo, do que será no pós-eleição e a pouca experiência administrativa.

Fernando Haddad – O lulismo impulsiona seu crescimento rápido, porém o sentimento nacional anti-PT pode fazer ele sangrar no segundo turno.

Ciro Gomes – Na minha opinião o mais preparado na atual disputa, mas não consegue ganhar capilaridade eleitoral. Deve-se isso a estratégia colocada em prática pelo PT.

Geraldo Alckmin – Ninguém é governador de São Paulo por quatro vezes sem méritos, mas o PSDB não atrevessa um bom momento devido aos escândalos com Aécio Neves. A candidatura de Bolsonaro conseguiu reunir os votos à direita que tradicionalmente votariam com ele.

Marina Silva – Não passa a confiança necessária e nem tem uma postura que agrade a maior parte do eleitorado. Prejudicou-se ao se aliar ao agronegócio na eleição presidencial de 2014, o que ela sempre combateu na sua origem no PV.

Luiz Inácio Lula da Silva – Detentor da maior quantidade de votos individuais no país. Sem dúvida o maior estrategista dos últimos tempos. Consegue mesmo em condições extremamente adversas polarizar a eleição nacional.

Eduardo Paes – Continuação do que vem dando errado no Rio há 12 anos, tenta esconder seus padrinhos e amigos políticos para ludibriar o eleitorado. Ainda consegue alto índice de votos na capital devido ao difícil momento do atual prefeito.

Romário Faria – Um grande jogador de futebol e foi um bom parlamentar, mas não tem condições de administrar um Estado em grave crise econômica.

Anthony Garotinho – Um sobrevivente. Mesmo sofrendo com ataques, prisões e brigando com grandes figuras, consegue sempre se manter vivo na disputa. Como governador, foi eleito o melhor do Brasil pelo DataFolha. Passou a ter problemas a partir da eleição presidencial de 2002, quando brigou com o PT, não aceitando ser ministro de Lula.

Tarcísio Motta – O Psol tem eleitor cativo à extrema esquerda, em qualquer eleição tem seu percentual garantido, são combatentes e com militantes bem ativos.

Indio da Costa – Pela participação em todos os governos do PMDB e agora no de Crivella, fez com que o eleitor olhasse com desconfiança. Não se consegue identificar a posição dele.

Voto útil – Presente em qualquer disputa, aparecem nos últimos dias que antecedem o pleito e pode decidir de verdade uma eleição.

Segundo turno – No cenário nacional: Bolsonaro x Haddad. No Estado do Rio: Eduardo x Garotinho. Em ambos os casos, tudo pode acontecer. Pesquisas nesse momento não tem relevância.

Novo Congresso ؘ– Terá um papel mais importante do que o do próprio novo presidente da República. Vamos precisar de parlamentares de coragem e sabedoria para enfrentar a crise política e tomar as decisões importantes para o país.

Governo Rafael Diniz – Pergunte aos cidadãos campistas. Eu sou suspeito para falar porque avisei antes que seria um desastre.

 

Página 5 da edição de hoje (27) da Folha

 

Publicado hoje (27) na Folha da Manhã

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. Marcos Caldeira

    Só rindo…. a família acaba com a cidade e ainda querem votos ! Tem é q ir para (trecho excluído pela moderação)

  2. CRICIO MANHAES PINTO

    ESTE WLADIMIR APENAS FILHO “GAROTINHO” NÃO CONHEÇO E QUEM CONHECE? IMPRESSIONANTE NÓS TEMOS UMA PARCELA CULPAS EM VOTAR EM PESSOAS EXPERIENTES MEIO POLÍTICO FAZEM LAVAGEM CEREBRAL E NÃO VÊEM QUE ENRIQUECEM E OS MAIS HUMILDES SOFREM!!!!

  3. Nhock

    O QUE ESTA CRIANÇA QUER? SER DEPUTADO FEDERAL?
    FILHO DO BOLINHA E DA FANTOSINHA, SE FAZENDO DE GRANDE?
    ORA, VÁ ESTUDAR, VÁ TRABALHAR, PORQUE NINGUÉM AQUI VAI VOTAR EM VC NÃO !
    O PAI QUE NUNCA TRABALHOU, JÁ FOI PRESO 3 VEZES, ESTÁ COM O NOME MAIS SUJO QUE PAU DE GALINHEIRO E AGORA PERDEU (DE VEZ) A CANDIDATURA PARA GOVERNADOR, ESSE PIRRALHO QUER SER DEPUTADO FEDERAL?
    VAI TRABALHAR MANÉ!!!

Deixe um comentário