Fred adverte Wladimir e situação. O que vem aí com Gil, Rodrigo e João?

 

 

Charge do José Renato publicada hoje (04) na Folha

 

Fred na Folha FM

Conhecido por seu temperamento afável e tom de voz sereno, Fred Machado (PPS) manteve essas características ao ser entrevistado na manhã de ontem (aqui) no Folha no Ar, programa da Folha FM 98,3. Porém, ele usou palavras firmes para reagir às projeções do deputado federal Wladimir Garotinho (PSD) na política de São João da Barra. Assim como em seu aviso, na condição de presidente da Câmara Municipal, aos vereadores da base governista que estejam planejando “costear o alambrado” — expressão imortalizada pelo ex-governador Leonel Brizola (1922/2004) — na eleição a prefeito de Campos em 2020.

 

Resposta a Wladimir

Em entrevista publicada domingo na Folha, Wladimir disse (aqui) que, se Carla Machado (PP) for condenada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na Machadada, o deputado estadual Bruno Dauaire (PRP) seria um “caminho natural e bom” para SJB. Irmão da prefeita sanjoanense, Fred ontem retrucou: “Em relação a Wladimir, já que ele aventou a possibilidade de Carla ser pega na Machadada, ele tem que começar a pensar também nos processos que está respondendo (…) de compra de voto, de infidelidade partidária ao PRP (…) ele não pode nem falar que pode vir candidato, porque ele está com pendências judiciais que pode perder o mandato”.

 

De olho no alambrado

Fred também voltou ao concordar com a análise do ex-deputado Paulo Feijó, de que uma das causas de Marcão Gomes (PR) não conseguir se eleger à Câmara Federal, em outubro, foi o apoio dado por vereadores governistas a outros candidatos. E que isso teria que ser sanado na base, em busca da reeleição de Rafael Diniz (PPS) ao governo de Campos em 2020. Falando firme, sem falar grosso, o presidente da Câmara Municipal advertiu: “Estou de olho neles (…) pode estar certo que estão mapeados para o prefeito aqueles que vão costear o alambrado”. Alguns vereadores da situação, mas nem tanto, ficaram de orelha em pé.

 

Foto publicada no Instagram de Gil Vianna, com Rodrigo Bacellar e João Peixoto, e a sugestiva legenda: “Vem aí…” (Reprodução)

 

O que vem aí?

Na terça (02), o deputado estadual Gil Vianna (PSL) publicou no Instagram uma foto dele, feita durante sessão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio, junto aos colegas de Campos Rodrigo Bacellar (SD) e João Peixoto (DC). O que mais chamou a atenção, sobretudo em ano de véspera do pleito municipal, foi a sugestiva legenda escolhida: “Vem aí”. Em entrevistas dadas à Folha após garantirem suas eleições à Alerj, Gil (aqui) e Rodrigo (aqui) admitiram que são pré-candidatos a prefeito de Campos em 2020. Embora tenha encontrado dificuldade inesperada, a coluna já apurou tudo. Vem aí: hoje no blog Opiniões e na edição da Folha desta sexta (05).

 

Ceasa

No encontro com secretários de Agricultura, ontem, na Uenf, o secretário estadual da pasta, Eduardo Lopes, afirmou que, se o município não fizesse as obras para a reativação do Ceasa, poderia fazer uma concessão para que o Estado fizesse e ele assumiria o compromisso da reativação. O secretário Nildo Cardoso agradeceu, mas disse que não precisava. O antigo Ceasa já está sendo reestruturado e será reaberto pela Prefeitura ainda este ano, sob a batu-ta de Nildo, e com o nome de Polo Agroalimentar.

 

Só agora?

Fechado em 1989, o antigo Ceasa permaneceu desativado pelos sete governos municipais e estaduais seguintes, sem contar com os inúmeros parlamentares representantes do Rio que passaram por Brasília durante estes 30 anos. Entre eles, o próprio secretário, que era senador até o ano passado. Além disso, há o problema econômico: “Se eles não têm dinheiro para colocar a patrulha mecanizada para atender às estradas da região, se não têm dinheiro para consertar mais de 100 máquinas paradas em Italva, como vai investir na reativação do Ceasa e que já estamos fazendo? Não tem lógica”, afirma Nildo.

 

Fundecam

Líder do governo na Câmara, o vereador Paulo César Genásio (PSC) propôs moção de aplausos ao secretário de Educação, Brand Arenari, por avanços na área, como criação de duas escolas em período integral. Apenas Eduardo Crespo (PR), que foi secretário de Agricultura e presidente do Fundo de Desenvolvimento de Campos (Fundecam) na gestão Rosinha Garotinho (Patri), se absteve e disse que não vê perspectiva de melhora. No final da sessão, Genásio citou a CPI do Fundecam e cutucou: “Gostaria de pedir aos entendidos em Educação, Saúde, Agricultura que falassem de sua habilidade no Fundecam”.

 

Com Aldir Sales

 

Publicado hoje (04) na Folha da Manhã

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. SOUZA

    Rafael 2020 é piada de mal gosto;
    não ganha nem pra sindico!!
    A historia mostrará.

  2. Não acredito em Papai Noel Rafael prometeu e não cumpriu, eu já assisti esse filme. Agora aparece dinheiro pra tudo a eleição está chegando

  3. É muito cinismo da parte desses vereadores agora no apagar das luzes vamos arregaçar as mangas e prometer que vai fazer e acontecer,os hospitais até hoje nunca ninguém cobrou do prefeito melhorias, o HGG está entregue as baratas os profissionais da área de saúde tem que fazer milagre para atender a população, agora que está próxima da eleição o prefeito não fala mais da venda do futuro,e o dinheiro que antes não tinha agora vai ter.

Deixe um comentário