Opiniões

Fla evolui com técnico português, mas perde três pênaltis e merece declassificação

 

O Flamengo evoluiu taticamente de Abel ao técnico português Jorge Jesus. Os primeiros 20 minutos do time pelas quartas de final da Copa do Brasil, contra o Atlérico Paranaense, foram esfuziantes. Mas o time sentiu a perda do uruguaio Arrascatea, herói dos 6 a 1 sobre o Goiás no Brasileirão.

O gol só veio no 2º tempo, com Gabigol, após bela jogada de Vitinho pela esquerda. Quando tudo parecia encaminhado para pegar o Grêmio de Renato Gaúcho, o empate saiu na única jogada de velocidade que o Atlético PR conseguiu até ali, finalizada por Roni. E o time da Gávea sentiu novamente.

Daí, a decisão foi para os pênaltis. E time que perde três em jogo decisivo não merece avançar. Simples assim.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu