Opiniões

Com 18 assinaturas, CPI será aberta na Câmara para investigar rombo no Previcampos

 

Líder da bancada governista na Câmara Municipal, o vereador Genásio (PSC) vai propor a CPI do Previcampos. Ele já colheu 18 assinaturas para sua instalação, que será apresentada e votada em plenário na primeira sessão com quórum, talvez já na próxma quarta-feira (07).

A intenção é apurar possíveis irregularidades na gestão de recursos da previdência do servidor municipal, como: 1) a devolução indevida de recursos à Prefeitura, 2) perda de recursos com investimentos em fundos com ativos frágeis ou inexistentes, 3) realização de investimentos sem observância do Conselho Monetário Nacional e da secretaria de Previdência Social, e 4) a diminuição do patrimônio do Previcampos em 500 milhões de reais entre dezembro/2015 a dezembro/2016, durante a administração Rosinha Garotinho (hoje, Patri).

 

(Infográfico de Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

Em matéria do útimo domingo, a Folha mostrou (aqui) como o Previcampos viu seu patrimônio passar R$ 1,305 bilhão em dezembro de 2015 para R$ 804 milhões em dezembro de 2016. Embora os R$ 804 milhões restantes sejam um valor significativo, destes, R$ 457 milhões foram aplicados em investimentos de alto risco — a maioria investigada pela Polícia Federal e com resgate somente a partir de 2021.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu