Opiniões

George no Jogo: Cabral, Garotinho, Weintraub, Maia, Fátima, Carla, Marcão e Dirceu

 

 

Em sua sexta edição, no final desta tarde de quinta (06), o programa Jogo Jogado (confira aqui na conta do Folha 1 no Facebook) recebeu o sociólogo e cientista político George Gomes Coutinho, professor da UFF, para tratar dos bastidores políticos de Campos, região e Brasil. Ao lado do jornalista Aldir Sales e de mim, o debate começou com a delação do ex-governador Sérgio Cabral, homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que envolve até o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Assim como a liberação, também pelo STF, do julgamento do casal Garotinho pela Chequinho no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Na condição de educador, George também falou das relações conflituosas entre o ministro da Educação Abraham Weintraub e o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM). A reboque da entrevista da prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco (DEM), ao Folha no Ar (aqui) na manhã de hoje, também se analisou o movimento partidário dela e de outras lideranças regionais, como a prefeita sanjoanense Carla Machado (PP) e o deputado federal Marcão Gomes (PL), todos saídos do PT para legendas de centro-direita.

Na deixa petista, foi analisada ainda a confusão na noite de ontem (05) no Sindipetro Campos, quando dois integrantes de extrema-direita local acabaram expulsos (aqui) do evento feito para receber o ex-ministro José Dirceu. Ao final do programa dedicado à política, coube também o registro à vida e à obra do ator Kirk Douglas, último sobrevivente da Era de Ouro de Hollywood, que morreu ontem (aqui) aos 103 anos.

 

Confira abaixo o Jogo Jogado de hoje, que terá nova edição na próxima segunda, 10/02:

 

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu