Opiniões

Ataques contra o bispo de Campos revelam metástase do bolsonarismo no país

 

(Foto: Paulo Whitaker – Reuters)

 

Após escrever (aqui) sobre a conquista da Recopa Sul-Americana pelo Flamengo, no final da noite de ontem, fiquei sem acessar internet até o meio da tarde de hoje. E só agora há pouco vi os comentários gerados, sobretudo na página do Folha1 no Facebook, sobre a postagem neste blog do que o bispo diocesano de Campos, Dom Roberto Ferrería Paz, disse ontem (relembre aqui) sobre o governo Jair Bolsonaro (sem partido), no grupo de WhatsApp do programa Folha no Ar, da Folha FM 98,3.

Realmente, é de impressionar a agressividade e ausência de qualquer nível de civilidade por parte de boa parte dos defensores, reais ou fake, do bolsonarismo. Todos os comentaristas que ultrapassaram limites mínimos de respeito, foram moderados. Se alguma dessas manifestações ofensivas chegaram a ficar expostas em rede, foi por absoluta falta de critério de edição do Folha1, que será imediatamente revisto. E pela qual peço desculpas de público a Dom Roberto.

Mas muito do que vi e li, antes de excluir, provocou uma profunda desesperança no país. E na minha cidade, já que a imensa maioria dos comentários ofensivos foi gerada em Campos. Como alguém que já perdeu entes queridos para o câncer — e foi chamado de “coxinha” por ter sido favorável ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, assim como ao fim do ciclo do PT no poder — confesso: a imagem que ficou é a da metástase de um tumor maligno espalhado no tecido social do Brasil.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 6 comentários

  1. Menos mal uma vez que vc aqui reitera seu posicionamento a favor do golpe… que chamaram de impeachment…a ficha deve ter caído.
    Agora vamos trabalhar para desfazer essa asneira …

    1. Caro Hugo Pessanha,

      O PT não caiu por ter institucionalizado a corrupção que sempre existou no Brasil. Mas porque conduziu o país à maior recessão econômica da sua história, produzindo 11,4 milhões de desempregados. E, no desespero para tentar evitar a queda, inoculou o “nós contra eles” no corpo da sociedade. Bolsonaro foi a resposta das urnas a isso. E, sim, vai dar trabalho sair de onde vocês nos levaram após 13 anos no poder.

      Abç e grato pela participação!

      Aluysio

  2. Esses apoiadores do presidente só sabem propagar ódio. Lamentável.

  3. Essa tendência nâo é de hoje. Quem acompanha comentários em matérias na mídia há tempos, como eu, deve ter consciência de que a radicalização e falta de um mínimo de educação está presente na sociedade há muito tempo, e sofreu uma escalada contínua na barbárie verborrágica. Eu diria que isso é um produto da internet, que permite que as pessoas “falem” o que quiser protegidas muitas vezes pelo anonimato, já que na maioria das vezes as pessoas discutem com outras totalmente desconhecidas. Na sociedade pré internet, as pessoas só se comunicavam com seu círculo social, amigos ou conhecidos, e nesse contexto cada um tinha mais cuidado no que falava, literalmente. Hoje ninguém mais nem fala, só escreve para manifestar seus pensamentos. Será que esse é um caminho sem volta? Será que deveríamos voltar atrás e acabar com as redes “antisociais”?

  4. Graças a DEUS ficamos livres da era PT!! Chega de sermos roubados eternamente!! Chega de corrupção e de corruptos!! Maior ladrão desse País, tem q pagar por seu erros sim!!! Avante Bolsonaro!! Estamos contigo!

  5. Me lembro bem da linha editorial do ano de 2018, posicionamentos à direita constantes e verdadeiro aniquilamento da esquerda…

Deixe uma resposta

Fechar Menu