A defesa seletiva do jornalismo no ataque de Jean Wyllys a Vera Magalhães

 

 

 

Jean Wyllys disse ontem (28) que a jornalista Vera Magalhães, alvo da baixa bolsonaria após revelar que o presidente enviou vídeo convocando para manifestação dia 15 contra o Congresso, “tem parcela de responsabilidade nos ataques que vem sofrendo”. Por quê? Para defender Lula, claro!

Quem defende a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S. Paulo, alvo recente do próprio Bolsonaro, mas agora se cala diante do ataque do ex-BBB à jornalista do Estado de S. Paulo, precisa repensar sua defesa do jornalismo. Que não pode depender do lado político de quem ataca.

 

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 5 comentários

  1. Túlio

    E você como jornalista, o mais “em cima do muro” que ja vi!

    1. Aluysio Abreu Barbosa

      Caro Tulio,

      Basta não ser bipolar para enxergar os excessos de um lado e do outro também.

      Abç e grato pela participação!

      Aluysio

  2. Renato

    Há muito tempo, o jornalismo tradicional brasileiro vem perdendo credibilidade e as redes sociais vem ganhando espaço. O Brasil acordou.

  3. Frias

    Nestes comentários, temos os reflexos, dos momentos atuais. Nada fica sem resposta! Ainda que as mesmas não agradem, reciprocamente. Não existe ” em cima do muro”, quem fica lá, já tem lado. Abraços!

Deixe um comentário