Opiniões

Morre o sambista e PM reformado Sargento Laerte

 

Sargento Laerte, sambista e PM reformado

Por Wellington Cordeiro(*)

 

O compositor Billy Blanco escreveu que “Quando morre um sambista, no céu é motivo de festa”. Então hoje será motivo, com o falecimento do sambista Laerte Rodrigues de Azevedo, mais conhecido como “Sargento Laerte”, aos 81 anos.

Policial Militar da reserva, Laerte brilhou no samba e no carnaval campista, compondo memoráveis sambas-enredos para diversas agremiações. Seu grande sucesso foi a música “Ave Ferida” imortalizada nas vozes dos cantores Eli Miranda e Gracio Abreu.

Laerte estava internado no Hospital Escola Álvaro Alvim e deixa esposa, cinco filhos, oito netos e três bisnetos.

Parodiando sua composição, como ave ferida está o coração daqueles que conviveram com o querido Sargento Laerte.

O velório está acontecendo na Capela D do Cemitério Campo da Paz, onde se dará o sepultamento às 16h30.

 

(*) Presidente da Associação de Imprensa Campista (AIC)

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. Esse deixou um legado como policial militar e como sambista, meus sentimentos a todos familiares.

Deixe uma resposta

Fechar Menu