Decidido desde 5º, Campos segue RJ e mantém comércio fechado até dia 30

 

 

As regras de isolamento social e de fechamento do comércio de Campos, à exceção dos setores considerados essenciais, seguirão até o dia 30 deste mês. Com o objetivo de combater a pandemia da Covid-19, é o mesmo prazo mínimo determinado pelo governador Wilson Witzel (PSC) e anunciado desde o dia 13. Que será seguido e publicado ainda hoje (18) em novo decreto municipal de Campos.

A decisão foi tomada em reunião desde a última quinta (16), entre o prefeito Rafael Diniz (Cidadania) e representantes do setor produtivo local, como Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic) e Associação dos Comerciantes e Amigos da Rua João Pessoa (Carjopa). Foi por pedido destas instituições comerciais e industriais ao ao prefeito que a extensão do isolamento no município só foi anunciada hoje.

Além de supermercados, farmácias, hortifrutis, armazéns, mercearias, quitandas, açougues, peixarias, lojas de ração e produtos veterinários, de autopeças e borracharias, a novidade é que óticas e comércio de embalagens, fundamentais para o serviço delivery, também terão o funcionamento liberado pelo novo decreto municipal.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Josiane de Almeida

    Boa noite, qual é esse novo decreto? Óticas vão abrir?

  2. Fernando Junior

    Boa tarde! Até o presente momento não foi decretado em DO a autorização para óticas e lojas de embalagens entrarem em funcionamento.

Deixe um comentário