Opiniões

Covid-19 — Defensoria Pública quer fechar comércio em sete municípios da região

 

Defensor público Tiago Abud (Foto: Divulgação)

 

A Defensoria Pública (07) moveu hoje uma ação coletiva contra a abertura no município de Varre-Sai, em plena escalada da pandemia da Covid-19 no país, no estado do Rio e nas regiões Norte e Noroeste Fluminense. Nestes primeiros dias de maio, ações semelhantes foram propostas pela Defensoria contra os municípios de São Fidélis, Itaperuna, Itaocara, Porciúncula, Cardoso Moreira e Italva, algumas em parceria com o Ministério Público.

— Essas cidades abriram seus comércios. Não aguentaram a pressão, seguiram a linha adotada pelo presidente (Jair Bolsonaro, sem partido) e acabaram não seguindo o aconselhamento das autoridades sanitárias. Daí entramos com essas ações. Não vemos outro modo de preservar vidas, que não seja a diminuição da circulação de pessoas, aliada à oferta de leitos no sistema de saúde pública. Que estamos tentando ampliar também, porque os leitos de UTI, me parece, não vão chegar nos números inicialmente informados em relação ao estado do Rio. Essas são as duas únicas soluções pare evitar que o médico não tenha que chegar ao momento de ter que escolher entre quem vai atender, qual vida vai salvar — advertiu o defensor público Tiago Abud.

Até a manhã de hoje, Varre- Sai tinha 1 caso confirmado e 1 suspeito de Covid-19. São Fidélis tinha 3 óbitos confirmados, 4 em investigação, 74 casos confirmados e 16 suspeitos; Itaperuna, 2 óbitos suspeitos, 22 casos confirmados e 236 suspeitos; Itaocara, 2 óbitos confirmados, 22 casos confirmados e 5 suspeitos; Porciúncula, 4 casos confirmados e 6 suspeitos; Cardoso Moreira, 1 óbito suspeito, 1 caso confirmado e 24 suspeitos; e Italva, 1 caso confirmado e 4 suspeitos.

 

Atualização às 7h42 de 08/05 para correção dos dados em Cardoso Moreira, que tem um óbito com suspeita de Covid-19 em investigação.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 4 comentários

  1. Vc esta super equivocado, Cardoso mireira nao tem óbito e nem foi comunicado pelo MP de Itaperuna.

    1. Caro Anderson Lobo,

      O equívoco foi desfeito. Cardoso Moreira, não “mireira”, não tem 1 óbito supspeito, 1 caso confirmado e 24 suspeitos de Covid-19. Cardoso Moreira, não “mireira”, tem 1 óbito suspeito, 1 caso confirmado e 24 suspeitos da doença.

      Quanto ao MP, o equívoco foi seu. A matéria trata de ações coletivas da Defensoria Pública em sete municípios. Ressaltar que a parceria com o MP em algumas delas não se dá em Cardoso Moreira, não “mireira”, parece ser buscar parceiros para segurar na alça do caixão. Dos mortos que serão produzidos pelo equívoco do governo de Cardoso Moreira, não “mireira”, em deixar o comércio aberto para acelerar a pandemia.

      Abç e grato pela participação!

      Aluysio

  2. ReSSaltar, aÇões…
    Amigos, mais amor e menos estresse. Todos erramos e continuaremos a errar. Grande erro será imaginarmos que estamos sempre certos.
    Grato!

    1. Caro Antônio Moreira,

      Difícil não se estressar com governos que mantêm seus comércios abertos, por falta de amor à vida das suas populações. E com o fato de ainda encontrarmos pessoas, como vc, capazes de tentar relativizar a verdade. Espero, sinceramente, que não a aprenda da pior forma: https://www.youtube.com/watch?v=kkLCWmbtElE

      Abç e grato pela participação!

      Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu