Câmara de Campos — PDT oficializa a Folha e ecoa conselho dos EUA

O que a política de Campos, de Wladimir, Caio e Fábio, tem a aprender com a dos EUA, de Biden, Trump e Kenney? (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

Na segunda-feira retrasada (21), através deste blog, a Folha anunciou (confira aqui) “a reunião ontem (20) entre o prefeito Wladimir Garotinho (PSD) e seu adversário no segundo turno, o ex-prefeitável Caio Vianna (PDT)”. Assim como seu efeito prático: “a confirmação do apoio dos vereadores pedetistas Marquinhos do Transporte, Luciano Rio Lu e Leon Gomes à candidatura do garotista Fábio Ribeiro (PSD) à presidência da Casa”.

No último sábado (26), na nota intitulada “Acordo entre Wladimir e Caio deve garantir a Câmara aos Garotinho”, o blog adiantou (confira aqui) como se daria a oficialização da aliança entre os dois que disputaram o segundo turno a prefeito de Campos: “A aliança deve ser oficializada em uma nota do PDT, com a anuência de Rodrigo Neves, prefeito de Niterói e principal apoiador de Caio”.

No último domingo (27), o blog adiantou (confira aqui) como se daria a participação do PDT na nova Câmara presidida por Fábio, ao relembrar o “acordo no último domingo (20) com seu adversário (Wladimir) no segundo turno a prefeito, Caio Vianna (PDT). Que fez quatro vereadores e, na nova Mesa Diretora, deve ter Leon Gomes (PDT) como 1º secretário”.

Pois ontem (28), uma semana após a Folha anunciar o acordo entre Wladimir e Caio, e dois dias depois de adiantar que esse mesmo acordo seria oficializado em uma nota do PDT, o partido escolheu um site local para divulgar a mesma nota. E causou tanta repercussão, que o blog só foi informado hoje, por terceiros, da oficialização do que já havia adiantado em detalhes.

De qualquer maneira, a divulgação seletiva do PDT de Caio, do que o blog adiantou que faria, serviu para explicar o motivo do vereador Leon Gomes ter desmarcado às 20h44 de ontem (28) sua participação no Folha no Ar da manhã de hoje. Isso, após ter confirmado, às 14h03 do mesmo dia, sua participação no programa da Folha FM 98,3. Em que Caio, democraticamente, participou duas vezes (confira aqui e aqui) como candidato a prefeito, como todos os outros.

Nas três notas que adiantou o que e como a bancada do PDT de Campos agiria em relação à eleição da Mesa Diretora, foram geradas, como manda a ética jornalística, pedidos de posicionamento a Caio. Por WhatsApp, todas as mensagens foram visualizadas, mas nenhuma respondida. O ex-prefeitável, lógico, está no seu direito. Se também é limitar a divulgação dos atos oficiais do PDT, isso é uma outra conversa. Cuja decisão, e seu ônus, cabem ao PDT.

Todavia, até como conselho de final de ano ao promissor político campista de apenas 32 anos, completos no último dia 8, fica o conselho dado um mês antes pelo prefeito da Filadélfia, o veterano democrata Jim Kenney, ao ainda presidente dos EUA, o republicano Donald Trump. Foi depois que este não se conformou com sua derrota nas urnas presidenciais (relembre aqui) para o democrata Joe Biden, em 3 de novembro:

— Precisa vestir as calças de menino grande — ponderou Kenney a Trump.

Sobre a Câmara Municipal, honrar o que acordou, do que foi seguida e até publicamente acusado de não fazer nas últimas eleições de Campos, seria um passo talvez interessante ao jovem pedetista para 2021.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe um comentário