Opiniões

IFF oficializa pauta identitária de gênero na instituição

 

A pauta identitária de gênero ganhou espaço oficial na maior e mais importante instituição de ensino de Campos e região. O próprio reitor do IFF, professor Jefferson Manhães de Azevedo, divulgou agora há pouco nas redes sociais: “A pessoa (no IFF) poderá utilizar o nome com o qual se identifica e é socialmente reconhecida, que pode ser diferente de seu nome civil (…) sem necessariamente ter relação com o sexo atribuído ao seu nascimento”.

Abaixo, sem emissão de juízo de valor, segue a íntegra da informação:

 

(Arte: IFF)

 

IFF publica Ofício Circular sobre o uso de nome social e reconhecimento de gênero

A pessoa poderá utilizar o nome com o qual se identifica e é socialmente reconhecida, que pode ser diferente de seu nome civil, bem como ter reconhecida a forma como se relaciona com as representações de masculinidade e feminilidade, sem necessariamente ter relação com o sexo atribuído ao seu nascimento.

O nome social será incluído a qualquer tempo nos documentos oficiais e nos registros dos sistemas de informação, de cadastros, de programas, de serviços, de fichas, de formulários, de prontuários e congêneres.

 

Para saber mais sobre a questão em Campos, confira a matéria Questão de gênero da tela da Globo à realidade da planície goitacá, publicada em 10 de setembro de 2017.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu