Retrospectiva 2021 — Folha reflete o Brasil em Campos

 

“Campos é o espelho do Brasil”. A frase é atribuída ao ex-presidente Getúlio Vargas. E, neste ano de 2021, teve eco real no Grupo Folha, em uma série de entrevistas com figuras de proa da política nacional e estadual talvez sem paralelo na secular história da imprensa goitacá. Que serviu para ajudar leitores, ouvintes e telespectadores a formarem suas opiniões diante do ano novo e eleitoral de 2022, que promete estar entre os mais quentes na História de um país que completará seus 200 anos de independência. À altura da tradição de 44 anos da Folha como mais importante veículo de mídia do interior do Estado do Rio, essas entrevistas foram fruto de um trabalho de jornalismo profissional que terá sequência nestes pouco mais de nove meses que nos separam da decisão soberana das urnas de outubro.

Se Campos realmente espelha o Brasil, o reflexo goitacá poderia inspirar o tupiniquim. Após um 2020 em que a cidade mergulhou na sua maior crise financeira desde que os royalties do petróleo começaram a ser pagos em 1986, 2021 registrou um aumento de 97,7% nas receitas petrolíferas. Sem contar outro crescimento de quase 100%, na emissão de notas fiscais pelos CNPJs do município: do R$ 1,6 bilhão de 2020 aos R$ 3,1 bilhões de 2021. Ano no qual os brasileiros voltaram a amargar uma inflação de dois dígitos, o que não acontecia desde 2016, como reflexo do desastre do governo Dilma Rousseff (PT). Que o governo Jair Bolsonaro (PL) busca superar após comprar o Congresso com um Orçamento Secreto de R$ 17 bilhões, para dar o calote nos precatórios — dívidas de pessoas físicas e jurídicas a receber da União — e furar o teto de gastos no ano eleitoral de 2022. E que, segundo todos os economistas, afundará o país ainda mais na crise econômica.

Para discutir o difícil quadro nacional em seus diferentes matizes, em 2021 o programa Folha no Ar, da Folha FM 98,3, entrevistou ao vivo o ex-senador e ex-governador de Brasília, Cristovam Buarque (Cidadania), em 25 de maio; o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), em 9 de julho; o general da reserva do Exército Francisco Mamede de Brito Filho, em 23 de julho; o deputado federal e pré-candidato a governador Paulo Ganime (Novo), em 5 de agosto; o ex-prefeito de Niterói e pré-candidato a governador, Rodrigo Neves (PDT), em 13 de agosto; a ex-senadora e três vezes candidata a presidente da República, Marina Silva (Rede), em 20 de agosto; o deputado e líder da oposição na Câmara Federal, Alessandro Molon (PSD), em 24 de agosto; o deputado federal e pré-candidato a governador Marcelo Freixo (PSD), em 26 de agosto;  o ex-governador do Ceará, ex-ministro dos governos Itamar Franco (PMDB) e Lula (PT) e presidenciável Ciro Gomes (PDT), em 10 de setembro; o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e deputado federal Vinicius Farah (MDB), em 24 de setembro; o empresário e candidato a presidente da República em 2018 João Amoêdo (Novo), em 1º de outubro; o jornalista da Globo News e ex-deputado federal Fernando Gabeira, em 8 de outubro; o ex-governador e radialista Anthony Garotinho (sem partido), em 15 de outubro; o deputado estadual e presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), em 29 de outubro; o colunista da revista Veja Ricardo Rangel, em 16 de novembro; o jornalista e articulista da CBN, O Globo e Estadão, Pedro Doria, em 3 de dezembro; e o historiador, especialista em América Latina e professor da Universidade Estadual de São Paulo (Unespe), Alberto Aggio, em 10 de dezembro.

 

Entrevistados nacionais e estaduais do Grupo Folha em 2021: Cristovam Buarque, Eduardo Paes, Francisco Mamede de Brito Filho, Paulo Ganime, Rodrigo Neves, Marina Silva, Alessandro Molon, Marcelo Freixo, Ciro Gomes, Vinicius Farah, João Amoêdo. Fernando Gabeira, Anthony Garotinho, André Ceciliano, Ricardo Rangel, Pedro Doria, Alberto Aggio, Luiz Carlos Bresser-Pereira, Cláudio Castro e César Maia (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr,)

 

Além das ondas da rádio mais ouvida de Campos e região, todas essas entrevistas foram reproduzidas em streaming, na Plena TV, no portal Folha1 e na Folha da Manhã. Só no jornal impresso, 2021 também trouxe entrevistas com outros personagens importantes: o economista e ex-ministro dos governos Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e José Sarney (MDB), Luiz Carlos Bresser-Pereira, em 15 de maio; o governador e pré-candidato a governador Cláudio Castro (PL), em 7 de agosto; o economista, ex-prefeito do Rio e atual vereador carioca, Cesar Maia (DEM), em 18 de setembro. Ao todo, foram 20 entrevistas realizadas pelo Grupo Folha com protagonistas da vida política nacional e estadual, além de alguns dos seus analistas mais qualificados na mídia e na academia brasileiras.

Qualquer que seja o resultado das urnas de 2022, a deputado estadual, federal, senador, governador e presidente da República, o país só sairá da sua grave crise com diálogo. Ao promover o do Brasil com Campos e a região, neste 2021 que não foi fácil para ninguém, o Grupo Folha espelha seu desejo mais sincero por um feliz ano novo!

 

Capa da Retrospectiva de 2021 da edição de hoje da Folha da Manhã

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe um comentário