Carla Machado renuncia ao governo que se procurava desde outubro

 

Manchete da capa da Folha da Manhã de 27 de outubro de 2021

 

 

Sem governar, Carla Machado renuncia

“Procura-se governo em São João da Barra”. Em 27 de outubro do ano passado, este foi a manchete da capa da Folha da Manhã. Que parece agora profético, quando menos de seis meses depois a prefeita sanjoanense Carla Machado renunciou ao cargo. E o passou à vice, Carla Caputi (sem partido), que assumiu ontem. Em outubro, a população e até vereadores governistas denunciavam na Câmara o abandono do município, com suas vias públicas esburacadas e às escuras. Carla renunciou ao quarto mandato de prefeita em 2 de abril. Foi no limite da desincompatibilização do cargo para poder se candidatar em outubro a deputada estadual.

 

Carla saiu do PP, da base de apoio de Jair Bolsonaro, para voltar no 1º de abril ao PT de Lula (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

Volta ao PT no 1º de abril

O pedido da renúncia de Carla foi entregue no sábado, dia de Câmara fechada, à vereadora aliada Sônia Pereira (PP). Há juristas que questionam a legalidade do ato, o que pode ser feito formalmente no pedido de registro de candidatura. O fato é que dois dias antes, na quinta (31), ela já tinha de desfiliado do PP. Foi o partido em que se elegeu prefeita as duas últimas vezes e integra a base do presidente Jair Bolsonaro (PL). Na sexta, 1º de abril, ela se filou mais uma vez ao PT do ex-presidente Lula. Foi a legenda pela qual se candidatou a deputada estadual em 2014. Quando foi a mais votada em São João da Barra, mas perdeu a eleição.

 

Washington Quaquá, vice-presidente nacional do PT

Negacionista com Lula

Vice-presidente nacional do PT e ex-prefeito de Maricá, Washington Quaquá disse na segunda (04) que Carla vai coordenar a campanha de Lula na região. Uma das principais armas do ex-presidente na disputa contra Bolsonaro será o negacionismo deste no enfrentamento da pandemia da Covid-19. Difícil explicar como pode coordenar a campanha do líder petista uma mulher que, como prefeita, disse publicamente em 19 de janeiro, em plena campanha de vacinação infantil contra a Covid: “Se eu tivesse um filho, não vacinaria”. Mais difícil ainda será pelo repúdio nacional que a declaração infanticida mereceu à época.

 

 

Fake news de Carla Machado em janeiro contra a vida das crianças de SJB ganharam a mídia nacional (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

De Neco a Caputi

Os objetivos de Carla não são nacionais. Em seu discurso de posse na noite de ontem, ao lado da Machado, Carla Caputi disse que “contará com os conselhos” de quem a levou ao cargo. A cena e as palavras foram bem semelhantes à posse de Neco (MDB) como prefeito em 1º de janeiro de 2013. Para fazê-lo seu sucessor, Carla chegou a ser presa em outubro de 2012 pela Polícia Federal, acusada de compra de votos na operação Machadada. Mas após deixar os seus dois primeiros mandatos como prefeita de SJB, ela levou menos de três meses para romper como o aliado. Após a festa da posse, quem tem a caneta na mão não costuma aceitar canga.

 

Prefeita Carla Caputi e ex-prefeito Neco (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

Alvos são Bruno e Elísio

Se confirmar a candidatura a deputada estadual, Machado precisará de Caputi por pelo menos mais cinco meses, para tentar ser novamente a mais votada em SJB. Como o município não tem eleitores para fazer um representante na Alerj, o objetivo real é derrotar dentro de casa adversários como o deputado estadual Bruno Dauaire (União Brasil), que vai tentar o terceiro mandato. Além do vereador Elísio Rodrigues (PL), presidente da Câmara Municipal comprometido com a reeleição do deputado estadual Rodrigo Bacellar (SD). Bruno e Elísio são cogitados a prefeito em 2024. A depender dos votos que terão e darão em 2022.

 

Deputado estadual Bruno Dauaire e o atual presidente da Câmara de SJB, vereador Elísio Rodrigues (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

Derrota e “cartinha de Papai Noel”

Em entrevista ao Folha no Ar de ontem, na Folha FM, Bruno condenou a inação da Prefeitura e disse o que se comenta abertamente em SJB: “Carla perdeu a vontade de governar”. Ele pregou necessidade de diálogo com Elísio para 2024. Que, por sua vez, disse ontem: “A gente não sabe como a (nova) prefeita governará. A Câmara vai estar ali para acreditar que não vão tratar nossos requerimentos como cartinha de Papai Noel”. A eleição da Mesa Diretora da Câmara, no último dia 23, foi a gota d’água para a renúncia de Carla. Após ser derrotada, ainda prefeita, Carla chamou os requerimentos dos vereadores de “cartinha de Papai Noel”.

 

Vereador Alan de Grussaí, presidente eleito da Câmara de SJB

Alan manda recado

Presidente eleito da Câmara de SJB, o vereador Alan de Grussaí (Cidadania) também deu seu recado à nova prefeita: “espero que faça o que a ex-prefeita não fez”. A manchete da Folha de 27 de outubro continua atual: “Procura-se governo em SJB”. Caputi merece o crédito de confiança. Desde que ouça mais os conselhos da população e do Legislativo, do que os de quem lhe passou o que não conseguiu resolver. Com quase R$ 260 milhões no caixa, o problema da iluminação pública do município não foi resolvido porque, segundo o proprietário da empresa contratada para executar o serviço, o material comprado e fornecido pela Prefeitura foi de péssima qualidade.

 

No final de semana, moradores de Roça Velha fizeram o que pagam e o governo de SJB não faz (Foto:  Facebook)

Ação e revolta popular

Diante da incompetência do governo, o povo sanjoanense cansou de esperar. No fim de semana, moradores de Roça Velha, no distrito de Barcelos, passaram a trocar as lâmpadas das ruas por conta própria. Nas redes sociais, postaram as fotos da ação e o testemunho: “Com um município milionário, a gente faz a nossa parte, que é pagar os impostos em dia. Pagamos nossa Taxa de Iluminação Pública para termos iluminação, mas esse é o descaso com os moradores de SJB. A gente sai de madrugada para trabalhar e chega a ficar com medo de abrir o portão. Essa é a minha insatisfação com esse péssimo governo da senhora Carla Machado”.

 

Publicado hoje na Folha da Manhã.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe um comentário