Lula e Bolsonaro nas pesquisas presidenciais, IBGE e Campos

 

Lula e Bolsonaro pelas pesquisas Datafolha, Genial/Quaest, BTG/FSB e do IBGE (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

 

Lula pode vencer no 1º turno?

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pode ganhar a eleição de outubro no primeiro turno? A pesquisas Datafolha de maio e a Genial/Quaest de junho, apontam essa possibilidade. O petista teria 54% dos votos válidos pela Datafolha de maio. E 52,87%, pela Genial/Quaest de junho. Também de junho, a BTG/FSB deu a Lula 48% dos votos válidos. Com margem de erro de 2 pontos para mais ou menos, as três indicam que Lula está hoje, a 109 dias das urnas de 2 de outubro, perto de fechar a fatura em turno único contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). Como de disputar o segundo turno de 30 de outubro com o capitão.

 

William Passos, geógrafo com especialização doutoral em Estatísticas do Setor Público, da População e do Território na Escola Nacional de Ciências Estatísticas (Ence) do IBGE

Pesquisas x IBGE

Nos recortes dessas três pesquisas presidenciais, onde o eleitor é dividido entre sexo, idade, escolaridade, raça ou cor de pele e renda mensal, surgem dados ainda mais reveladores. Sobretudo quando esses números são cruzados com os da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua Trimestral do IBGE atualizado em 13 de maio. Para tanto, a coluna recorreu a um especialista, o geógrafo campista William Passos. Que tem especialização doutoral em Estatísticas do Setor Público, da População e do Território na Escola Nacional de Ciências Estatísticas (Ence) do próprio IBGE.

 

Brasileiro por sexo

“Segundo a pesquisa socioeconômica do IBGE, a população brasileira é, na sua maioria, feminina. Existem cerca de 109.185.000 mulheres no país, ou 51,1% da população; contra 104.381.000 homens, ou 48,9% dos brasileiros. Segundo as últimas pesquisas Datafolha e Genial/Quaest, que são realizados presencialmente, a intenção de voto feminina é cerca de 25% mais favorável a Lula. Já na pesquisa BTG/FSB divulgada na última segunda (13), a vantagem de Lula no voto feminino cai para 19%. Esta última, por ouvir os eleitores por telefone, acaba trabalhando com um perfil de eleitor mais elitizado”, explicou William.

 

Por idade

O geógrafo especializado em estatística seguiu em sua análise cruzada entre as pesquisas presidenciais e a do IBGE: “a PNAD mostrou que 5,7% dos brasileiros têm de 14 a 17 anos, enquanto 10,7% têm de 18 a 24 anos. Nas últimas pesquisas Datafolha e Genial/Quaest, a vantagem de Lula sobre Bolsonaro foi 37% e 21%, respectivamente, nos eleitores entre 16 e 24 anos. Já a BTG/FSB reduziu a vantagem de Lula nessa faixa etária para apenas 7%. Ainda segundo a PNAD, 23,9% dos brasileiros tem de 25 a 39 anos, 25,5% da população tem de 40 a 59 anos e 15% dos brasileiros tem mais de 60 anos”.

 

Por escolaridade

“Na divisão por escolaridade, 32,8% dos brasileiros não completaram o ensino fundamental, enquanto 7,7% da população tem ensino fundamental completo. A soma dos dois estratos dá 40,5% da população. Que compõe o eleitorado com ensino fundamental apurado pelo Datafolha e Genial/Quaest, no qual Lula lidera com diferença de cerca de 35%. Na BTG/FSB, as intenções de voto de Lula sobre Bolsonaro nesse eleitorado caem para 24%. Já 7,3% dos brasileiros não completaram o ensino médio, 26,5% conseguiram concluir e 4,6% chegaram a entrar na faculdade. Mas só 13,8% completaram o ensino superior”, detalhou William.

 

Por cor da pele

Da escolaridade à questão da cor de pele, o geógrafo com especialização doutoral em estatística pintou um quadro com mais dados: “por cor ou raça, segundo a PNAD, 43% dos brasileiros se declara branco, enquanto 45,9% se diz pardo e somente 10% se reconhece como negro. Por divergência de metodologia, é possível que dentro da composição étnico-racial denominada ‘preta’ nas pesquisas Datafolha e Genial/Quaest, onde Lula supera Bolsonaro em cerca de 35% das intenções de voto, estejam inseridos os autodeclarados pardos e negros do IBGE. Por sua vez, a pesquisa BTG/FSB não mediu as intenções de voto por cor”.

 

Por renda

“Já em relação à renda mensal, o IBGE revela que 46,34% dos brasileiros ganha até 2 salários mínimos. É nesta camada que Lula supera Bolsonaro em cerca de 35% das intenções de Bolsonaro, na Datafolha e Genial/Quaest. O número chega a 40%, na média entre os 44% de vantagem do petista entre os eleitores até 1 salário mínimo, e dos 35% entre os que ganham de 1 a 2 salários, faixas pesquisas pelo instituto. Já 14,91% dos brasileiros recebe entre 2 e 10 salários, enquanto apenas 1,66% aufere mais de 10 salários. Este é o único extrato de renda em que Bolsonaro supera Lula, mas em apenas 10 pontos percentuais”, ressalvou William.

 

População de rua improvisa abrigo no Jardim São Benedito (Foto: Rodrigo Silveira/Folha da Manhã)

 

E em Campos?

Considerada uma cidade conservadora, Campos não tem pesquisa presidencial registrada. Mas em 2018 deu a Bolsonaro 64,87% dos seus votos válidos no segundo turno a presidente. Foram quase 10 pontos a mais do que os 55,13% dos brasileiros que elegeram o capitão. Matéria da Folha de 16 de abril revelou que o município tem 137.067 pessoas com renda de até R$ 89. Outros 10.919 têm renda entre R$ 89 e R$ 178. Com o salário mínimo a R$ 1.212, o país vivendo a maior inflação nos últimos 26 anos e a maior queda de renda na última década, em quem esses campistas pobres votarão a presidente? Se você fosse um deles, em quem votaria?

 

Publicado hoje na Folha da Manhã.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. Robson Antonio

    Esse governo já terminou… não adianta espernear… Pra começar nunca teve Programa de Governo, sempre criou problemas pra ele mesmo, inclusive externos, colocando o Brasil como um dos maiores poluidores do Mundo e responsável pela degradação do meio ambiente, impossível se sustentar…E o Povo brasileiro até o mais simples já percebeu isso, e se tentar dar um Golpe, pode preparar pra acontecer com o Brasil o que esta acontecendo com a Russia. É melhor arrumar as malas e sair pela Porta dos Fundos,,,

Deixe um comentário