Pesquisa Factum — Prefeita de Silva Jardim favorita à reeleição

 

Prefeita Maira de Jaime tem grande vantagem à reeleição sobre os adversários Juninho Peruca e André Lacerda (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

Prefeita de Silva Jardim, na Região dos Lagos, Maira de Jaime é favorita à reeleição em 6 de outubro, daqui a exatos 6 meses e 9 dias. Foi o que apontou pesquisa do instituto Factum, feita com 377 eleitores do município entre 21 e 23 de março, cuja consulta estimulada (com apresentação dos nomes dos candidatos) deu a ela 51,2% de intenções de voto, seguida por Juninho Peruca (20,2%) e André Lacerda (5%).

 

(Infográfico: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

LIDERANÇA CRISTALIZADA — A consulta espontânea, na qual o eleitor fala de memória em quem votará, evidencia como a vantagem da prefeita à reeleição está cristalizada: Maira teve 32,1%, com 9% de Peruca e 2,1% de Lacerda. Com margem de erro de 5 pontos para mais ou menos, a pesquisa Factum foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número RJ 03597/2024.

 

(Infográfico: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

INTENÇÃO DE VOTO = APROVAÇÃO DE GOVERNO — A liderança com folga da prefeita de Silva Jardim nas intenções de voto advém diretamente da aprovação ao seu governo. Que é considerado ótimo (19,9%) e bom (37,1%) por 57% da população, enquanto 25% acham regular, ruim para 6,1% e péssimo para 9,8%, com 2,1% que não responderam.

 

(Infográfico: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

Em outra métrica da pesquisa Factum, a boa avaliação popular do governo Maira de Jaime foi ainda mais ampla. Perguntados “O(A) Sr.(a) aprova ou desaprova a forma que a prefeita Maira de Jaime administra o município de Silva Jardim?”, 75,1% disseram aprovar, 22,8% não aprovaram, com 2,1% que não souberam responder.

 

(Infográfico: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

REJEIÇÃO — Índice fundamental ao segundo turno, a rejeição dos pré-candidatos importa menos numa eleição de turno único, como é em Silva Jardim e todos os municípios brasileiros com menos de 200 mil eleitores. Ainda assim, mesmo com o desgaste natural de já governar, Maira teve 20,1% de eleitores que não votariam nela de jeito nenhum.

Em empate técnico, a prefeita ficou numericamente atrás da rejeição de Juninho Peruca, líder da rejeição com 23,9%. André Lacerda teve 10,1% de eleitores que não votariam nele de jeito nenhum a prefeito de Silva Jardim, com 45,9% que não souberam responder.

 

(Infográfico: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

William Passos, geógrafo com especialização doutoral em estatística pelo IGBE

ANÁLISE DO ESPECIALISTA — “Com amostragem de 377 eleitores de todos os bairros do município, a pesquisa da Factum foi realizada sob parâmetros de alta qualidade técnica. Considerando os 19.677 eleitores aptos a votar, caso a eleição fosse entre os dias 21, 22 e 23 de março de 2024, a prefeita Maira de Jaime estaria reeleita. A preferência do eleitorado de Silva Jardim é explicada pela avaliação da atual gestão municipal, considerada ótima por 19,9% e boa por 37,1% do eleitorado. Na soma, 57% da população votante considera a gestão Maira de Jaime ótima ou boa. Tanto no cenário espontâneo quanto no estimulado, a atual prefeita supera os concorrentes Juninho Peruca e André Lacerda para além da margem de erro”, concluiu o geógrafo William Passos, com especialização doutoral em estatística no IBGE.

 

fb-share-icon0
Tweet 20
Pin Share20

Deixe um comentário