Com chance à Alerj em 2013, Pudim nega DEM na Frente ou ser vice de Rosinha

(Foto de Antonio Cruz)
(Foto de Antonio Cruz)

 

Para o secretário municipal de Governo Geraldo Pudim (PR), a conta da vereadora petista Odisséia Carvalho está errada ao somar o DEM aos partidos que compõem a Frente Democrática de Oposição. Para ele, o acordo do PR com a legenda do ex-prefeito carioca César Maia está fechado. Nesse caso, seriam 11, não 12 os partidos da Frente.

Indagado pelo blogueiro se, diante da quase certeza de Rosinha se candidatar à reeleição pelo PR, haveria a chance dele ser seu vice na chapa, como se especula nos bastidores, Pudim negou qualquer possibilidade. O projeto do secretário é voltar ao Congresso Nacional, como deputado federal, na eleição de 2014, vaga que seria aberta com a candidatura de Anthony Garotinho a governador ou senador.

Caso Garotinho tenha que se contentar mais uma vez com a disputa da Câmara Federal, Pudim tentaria se eleger mais uma vez à Assembléia Legislativa. Mas como ele mesmo ressalva, poderia se tratar de uma reeleição, já que como terceiro suplente do PR em 2010, ele pode ganhar a vaga em 2013, caso se confirmem as boas possibilidades de Altineu Cortes e Miguel Giovane, deputados estaduais da legenda, vencerem as disputas, respectivamente, às Prefeituras de Itaboraí e Araruama.

 

Atualização às 18h44: Mais de Pudim sobre as eleições municipais de 2012, aqui, no Blog do Bastos.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. aloisio lula do farol

    esta com febre?

Deixe um comentário