Pezão e as águas: “Não dá mais para enxugar gelo”

(Foto de Antonio Cruz)
(Foto de Antonio Cruz)

 

“Nos últimos cinco anos, esta já é a terceira vez que venho aqui, por motivo de cheias na região. Não dá mais para a gente ficar enxugando gelo. É preciso que façamos algo defintivo”. Foi isso que declarou ao blogueiro, agora há pouco, por telefone, o vice-governador Luiz Fernando Pezão, que acabou de embarcar de volta ao Rio de Janeiro, após conferir ontem e hoje os estragos das chuvas em Itaperuna e Campos, municípios pólo, respectivamente, do Norte e Noroeste Fluminense, regiões do estado mais afetadas. 

Pezão revelou que, na reunião da última quinta-feira, de Sérgio Cabral com o ministro Fernando Bezerra, da Integração Nacional, o governador entregou à União três projetos, dois deles reivindicando a região como alvo de investimentos federais: o primeiro, no valor de R$ 350 milhões, para atender aos municípios de Itaperuna, Italva, Cardoso Moreira e Laje do Muriaé; enquanto o outro, orçado em R$ 300 milhões, seria só para reconstrução e manutenção dos diques e da rede de canais de drenagem de Campos. O terceiro projeto seria destinado a São Gonçalo.

Enquanto o governo federal analisa os projetos, o vice-governador adiantou que a administração estadual já está tentando levantar com fundos próprios cerca de R$ 45 milhões (inclusos no total de R$ 350  milhões para quatro municípios) que seriam necessários para resolver, em definitivo, os problemas com as cheias em Laje do Muriaé. Segundo ele, o mesmo estaria sendo feito para atender às necessidades de emergência dos 22 municípios fluminenses que já a decretaram, em virtude das chuvas.

Pezão ressalvou ainda que, só após as águas baixarem, será possível fazer o cálculo exato dos prejuízos das cheias em todo o estado do Rio.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 5 comentários

  1. NEILTON

    bla bla bla bla bla

  2. celso nolasco

    gostei da foto, gatos, cachorros e outros bichos mais, juntos, só faltou cristino aureo para completar.

  3. weverson

    Todo ano é a mesma coisa,só aparecem nesta hora. Manutenção do dique, altertnativas de escoamento etc… nem se ventila, Sóa agora que vem com estas conversas para boi dormir.. Fala sério em politiqueiros

  4. angelo

    e bla bla bla bla, sem graça né seu Pezão? e mais bla bla bla …..

  5. suzi

    Que foto ilária!
    Se for liberado de fato verbas a serem usadas para dar soluções aos problemas causados pelas fortes chuvas, fiquem atentos POVO CAMPISTA COM A FISCALIZAÇÃO NO USO DO DINHEIRO PÚBLICO,cuidado com os desv… .
    Esse povinho só constrói coisinhas para pobre,porque segundo eles não precisa gastar muito, pouco satisfaz.

Deixe um comentário