Rosinha continua inelegível e seu comício vai para a Lapa

Impressionante a montanha russa da política de Campos. Saí para a fisioterapia após escrever o post abaixo, com as informações ainda quentes que nele anunciei: Rosinha conseguiu retornar o julgamento de sua ação no TSE para a 100ª Zona Eleitoral (ZE) de Campos, o que me levou a crer que ela conseguiria reverter o indeferimento do registro da sua candidatura, e o seu chamado “Comício da Verdade”, marcado por Garotinho para às 10h de amanhã, na praça São Salvador, foi probido pelo juízo da mesmíssima 100ª ZE desta comarca. Voltei agora há pouco e o que era quente, pouco mais de uma hora atrás, ficou frio por duas outras novidades que àquelas se sobrepuseram rapidamente.

Em primeiro lugar, como a jornalista Suzy Monteiro divulgou aqui, em primeira mão, Na Curva do Rio, a assessoria do TRE confirmou que, mesmo com a inesperada e repentina decisão monocrática de uma juíza substituta do TSE, quando a própria assessoria deste informou que o normal seria que decisão fosse tomada em plenário, Rosinha continua inelegível para o TRE. Ademais, como o Blog do Bastos informou aqui, diante da proibição da Justiça Eleitoral de Campos para que fosse realizado na praça São Salvador, onde já havia sido marcado um ato público em apoio à candidatura petista de Makhoul Moussallém (adiado desde ontem para o próximo sábado), o dito “Comício da Verdade” foi transferido pelos Garotinho para a curva da Lapa, berço do casal.

Atualização às 21h30: Aqui, o advogado de Rosinha e ex-procurador geral do município, Francisco de Assis Pessanha Filho, aposta que a decisão monocrática de hoje do TSE vai influenciar na revisão do indeferimento da candidatura e na inelegibilidade da prefeita, definidos ontem em decisão plenária do TRE. É esperar para ver…

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 4 comentários

  1. afonso

    NÃO ENTENDO MAIS NADA, SEM COMENTÁRIOS…………………………………………………………………………………………………….

  2. Fabio

    Voce se precipitou bem simples… Sendo induzido pelas noticias ventiladas por eles !!!

    O que na verdade ocorreu NAO FOI VITORIA ALGUMA !!! somente o retorno do processo peacomarxa de Campis como ocorreu com o outro e que diga-xse de passagem… Na vetdade o Advogado da RE a prefeita, ventila inverdades para abafar a grande manifestacao de alegria do povo !!! A comocao citada e de alivio e euforia do pivo com essa LIBERDADE !!!

    Continuo apostando na FICHA SUJA, visto queELA tem 3 sentencas de cassacao e se sustentou no poder gracas a uma liminar… Ta ate hj pendurada !

    So exisye uma verdade ate agora ELA E FICHA SUJA ! acredito que o reyorno da acao pra nossa comarca do ira piorar a situacao dela, basta ver todo o historico de decisoes contrarias, inclusive cassacao, e impedimento de comicio… TODOS AQUI CONHECEM MUITO BEM A VERDADE !!!

  3. Luiz

    SERÁ QUE O CASAL “GAROTINHO” CONSIDERA A POPULAÇÃO CAPISTA COMPOSTA DE CIDADÃOS TOTALMENTE MANIPULÁVEIS ?

    Como pode ser observada, INDISCUTIVELMENTE a situação do REGISTRO DA CANDIDATURA de ROSINHA PERMANECE INDEFERIDA.
    A AIME já havia sido julgada pelo TRE(órgão colegiado) e, ela havia sido condenada, portanto inequivocamente INELEJÍVEL.

    Naquela oportunidade a Lei da Ficha Limpa não foi utilizada em virtude de possuir a candidata uma liminar para permanecer no cargo de prefeita, PORÉM NÃO TINHA E CONTINUA NÃO TENDO LIMINAR PARA SE CANDIDATAR. Portanto, continua e continuará INELEGÍVEL.

    E o resultado de todo esse tumulto será muito simples: Rosinha poderá até continuar concorrendo, contudo seus votos não serão computados. PORTANTO, PODERÁ ATÉ MESMO TER VOTOS SUFICIENTES PARA SER ELEITA, MAS NÃO O SERÁ PORQUE QUEM CONFIOU SEU VOTO A ELA TERÁ O DISSABOR DE VER O SEU VOTO IR PARA O LIXO E NÃO SER COMPUTADO.

    Por mais que se queira provar o contrário,ROSINHA CONTINUA COM REGISTRO INDEFERIDO. E QUEM TEM O REGISTRO INDEFERIDO NÃO É CANDIDATO.

    NÃO SERIA MUITO MAIS DIGNO USAR DE TRANSPARÊNCIA NESSE ESTÁGIO DA CAMPANHA? OU SERÁ QUE O EGO DOS “GAROTINHO” NÃO ADMITE SER DERROTADO PELA VERDADE?

  4. Aluysio

    Caro Fabio, comentarista das 9h21 de 25/08/12

    Pode ser que eu tenha realmente me precipitado, muito embora acredite que a precipitação maior, agora, é dar apresentar possibilidade jurídica como definitiva.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

Deixe um comentário