Em prosa e verso, a prisão de Carla prevista por Garotinho e cumprida pela PF

Entre todas as análises sobre a operação da PF de Campos em São João da Barra, que gerou na noite da última terça, a cinco dias da eleição na qual o candidato governista Neco lidera com folgas todas as pesquisas na corrida à Prefeitura, a prisão da prefeita sanjoanense Carla Machado (PMDB), exatamente como o deputado Anthony Matheus, o Garotinho (PR), antecipou aqui, em 30 de junho, dois textos, publicados ontem, chamaram a atenção deste blogueiro. O primeiro, sob o ponto de vista sempre equilibrado e elegante do Christiano Abreu Barbosa (aqui), enquanto o segundo, pelo estilo totalmente oposto, mas próprio e fluido do Gustavo Matheus (aqui). Aos dois, o blog pede a devida licença (prosista e poética) antes de reproduzi-los, complementarmente, abaixo…

Polícia Federal prendeu mais um adversário de Garotinho: a bola da vez foi Carla Machado, prefeita de São João da Barra

Por Christiano, em 03-10-2012 – 21h58

A Polícia Federal prendeu, ontem (na terça), a cinco dias das eleições, a prefeita Carla Machado e o vereador Alexandre Rosa, vice-prefeito na chapa de Neco, que lidera folgadamente as pesquisas em São João da Barra. Ambos pagaram fiança e foram liberados. As acusações giram em torno de uma suposta compra de apoio político de candidatos a vereador da oposição.

Assim como ocorreu com a Operação Telhado de Vidro, que atingiu o governo do então prefeito Alexandre Mocaiber em Campos, a ação foi antecipada por Garotinho, principal beneficiado político pelas operações, em junho deste ano, na convenção do partido que definiu o ex-prefeito Betinho Dauaire como candidato a prefeito de São João da Barra.

É o terceiro caso de prefeitos, adversários políticos regionais de Garotinho, que são atingidos por operações da Polícia Federal. Sempre em ano eleitoral, normalmente causando alterações nas intenções de voto e nas urnas. Além de Alexandre Mocaiber, em 2008, este ano Beto Azevedo, de São Francisco do Itabapoana, foi alvo de uma operação.

Confira detalhes da operação e de toda a cobertura jornalística aqui, no blog Opiniões, aqui, no Blog do Bastos, e aqui, no blog Na Curva do Rio, de Suzy Monteiro, todos com várias notas sobre o caso, incluindo a coletiva do delegado da PF, Paulo Cassiano Júnior, e a entrevista de Carla Machado.

Moisés contemporâneo

Publicado por Gustavo Matheus, em outubro 3, 2012

Abre-te sésamo!!

Eis que surge ele, o Moisés contemporâneo, profeta dos novos tempos, possuidor de informações quase divinas.

Como já se ouviu em grampo telefônico, o deputado federal Anthony Matheus, tem pessoas infiltradas na PF, assim como em diversos outros lugares. O Corleone brasileiro, não é mãe Dinah, mas sabe de muita coisa.

É difícil demais tomar o lado oposto desse menininho, mas parabenizo quem o faz, pois estão sempre sujeitos a uma emboscada política e moral. Carla Machado vem dando uma surra no rapazinho em SJB, e de repente surgem supostas denuncias e gravações, enquanto a nossa roxinha segue a brincar de contornar e colorir, com seu lápis de cor rosa, ou roxo, impunemente.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Edi Cardoso Edi Cardoso

    e aqui em Campos, ela abusa do poder, desfigura a cidade com o roxo defunto, exige sacrifício e voto dos contratados, mente sobre a quantidade de escolas e creches construidas, impressiona com IDEB ótimo e empresas de fora levando o nosso dinheiro para amigos correligionarios esperando assim fazer votos para a campanha de deputado e ou outra ideia mirabolante futuramente. Porque você sabe: Brasilia é o limite.

  2. Aluysio

    Caro(a?) “jornalismolimpo”, comentarista das 2h36, IP: 201.17.100.16,

    Por motivos de ordem ética e legal, nenhum dos blogs hospedados na Folha Online pode publicar comentários anônimos. Se quiser repetir o seu, bem como fazer qualquer outro, sobre este ou qualquer outro post, necessário que utilize seu nome verdadeiro.

    Liberdade, pelo menos nos blogs da Folha, tem que rimar com responsabilidade.

    Abç e grato pela colaboração!

    Aluysio

Deixe um comentário