Opiniões

Debate da cultura com entrevistados da Folha é adiado

Anunciada aqui, no post abaixo, a reunião marcada no último sábado, dia 14, para a próxima segunda, dia 23, visando debater a cultura de Campos com os entrevistados neste blog e na Folha Dois, foi desmarcada desde a noite de ontem, dia 19. O motivo: Orávio de Campos Soares, homem de bem e dono de currículo inquestionável de serviços prestados à cultura do município, se machucou ao cair da cadeira. Sem nenhum duplo sentido no acidente com o ex-secretário de Cultura, reduzido a superintendente do Patrimônio na reforma administrativa da prefeita Rosinha (PR), que concentrou toda a administração cultural do município na Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), é desejo sincero do blog que Orávio se recupere o mais rápido possível. Oxalá pudesse fazê-lo em todos os sentidos!

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Gostaria que a cultura não se restringisse ao Trianon e CEPOP,onde a maioria dos munícipes não comparece.
    A cultura deve “caminhar” também entre os distritos e subdistritos !
    Precisamos de um palco sobre rodas,como o de Artur Moreira Lima,conduzindo o artista ao encontro do povo mais carente !

  2. “Caiu da cadeira”? Ora, é inegável a capacidade do Orávio, mas causa-me espanto que ele tenha caído da cadeira! Pelo que acompanho, no máximo ele esteve sentado nela, meio de “beiradinha”, isto é, nunca pode sentar pra valer. Logo, não adianta o curriculum ou a capacidade de quem “senta” nas pastas deste governo, quem aceita ficar nele pode “cair”, seja no aspecto real ou no figurado. Acredito que se ele tivesse liberdade, haveria Cultura de verdade sendo empreendida, mas, se ele concorda em “ficar” e aceita as condições, fazer o quê.

Deixe uma resposta

Fechar Menu