Opiniões

Advogado Cleber Tinoco contesta proposta de RH para transformar Fenorte em secretaria

Aqui, na democracia irrefreável das redes sociais, o advogado, blogueiro e diretor de Controle de Licitações do Observatório Social de Campos (conheça-o aqui), Cleber Tinoco se posicionou contrário à proposta feita pelo deputado estadual Roberto Henriques (PSD) ao governador Sérgio Cabral, divulgada aqui, de transformar a Fenorte numa secretaria do Norte e Noroeste Fluminense. Elucidativo, como sempre, conheça abaixo os motivos do Cleber:

 

Cleber Tinoco
Cleber Tinoco

 

Com todo respeito ao Dep. Roberto Henriques, mas a sua proposta de transformar a Fenorte numa Secretaria de Estado não me parece boa. Primeiro, porque a divisão de competências entre as Secretarias do Estado é feita com base no critério material e não territorial, como propõe o Deputado. Segundo, porque a proposta implica despersonalizar a Fenorte, transformando-a em órgão e tornando-a incapaz de adquirir direitos e contrair obrigações, suprimindo, pois, sua autonomia financeira e patrimonial. Por fim, apenas para ficar com três razões, porque a proposta supõe que a Fenorte deixaria de estar vinculada a outra Secretaria para estar subordinada diretamente ao Governador, mas isso não conduz a nenhuma vantagem imediata para a realização da missão pensada para a Fenorte pelo Dep. Henriques, exceto pelo fato de se poder falar direto com o Governador.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. Cleber, quero que publique o comentário que fiz sobre o discurso do nobre deputado e não sei ainda se vai ser excluido do blog do mesmo:
    “Prezado Deputado, Equeceu-se que seu (trecho excluído pela moderação) e não fez nada pela instituição? Parece-me que o senhor fala demais e, não poe em prática o que fala. Gostaria que as pessoas que leram o que o nobre deputado diz, procurem se informar e chegem as suas conclusoes.”

  2. Prezados leitores e colegas da FENORTE, não tenho por hábito polemizar opiniões jornalísticas tendo em vista muitas vezes a natureza veladamente política do que se diz, sobretudo pelo fato da Associação de Funcionários da Fenorte e Tecnorte(ASFETEC) não possuir ideologia político-partidária de qualquer tipo. Contudo após comentário do nosso colega Cléber a quem consideramos e respeitamos é importante deixar aqui a manifestação da ASFETEC e de sua Presidência. Lamentavelmente e mais uma vez o servidor da FENORTE se vê sujeito aos interesses políticos, interesses quase sempre imediatistas e irresponsáveis que sempre atrapalharam o desenvolvimento da Fundação e prejudicaram como ainda prejudicam o servidor e a sociedade. Ninguém pode contestar o potencial desperdiçado da FENORTE e de seus servidores mas nunca houve interesse do Governo do Estado em aproveitar devidamente a FENORTE, e com todo respeito a opinião do Deputado a proposta dele não parece ser a mais adequada por tudo o que ja foi dito por Cléber. Curioso é que essas propostas surjam no exato momento em que os servidores vejam como única saída para o o melhor aproveitamento dos recursos públicos e da mão de obra altamente qualificada dos servidores a nossa ida para a UENF. Que o Governo mantenha a FENORTE e seus cargos em comissão e aí faça dela o que desejar, mas que transfira o seus servidores para a UENF, porque não iremos colaborar ou nos omitir diante qualquer aplicação irresponsável dos recursos públicos.

  3. Nossa região precisa e merece sim uma secretaria estadual do Norte e Noroeste Fluminense, somos uma das regiões que mais produz riquezas para esse país e o deputado estadual Roberto Henriques está coberto de razão em lutar por isso.
    Só aos já conhecidos politiqueiros de nossa região interessa o ” quanto pior melhor “!

Deixe uma resposta

Fechar Menu