Os filhos da puta por si próprios

O blog já havia publicado aqui a foto das agressões covardes, a socos e pontapés, dos militantes do PT, CUT e MST contra cidadãos que ousaram questionar nas ruas do Centro do Rio a ladroagem desenfreada do desgoverno petista no Brasil, assim como o “mimo” da convocação de Washington Quaquá, presidente fluminense do PT, chamando seus militantes literalmente à porrada. Mas nunca é demais complementá-las com o pronunciamento irresponsável que as gerou, na sede da Associação Brasileira de Imprensa, onde Lula falou em paz e democracia antes de ameaçar colocar o “exército” do João Pedro Stédile, líder do MST, nas ruas, gerando aqui a manifestação política mais dura das Forças Armadas do Brasil desde o fim da Ditadura Militar, em 1985. Até porque, os filhos da puta que realmente interessam nunca precisaram de porta-voz esquizofrênico diagnosticado, invejoso patológico, megalomaníaco, prolixo, de pouco talento e nenhum caráter, para falarem por si mesmos.

Quem alguma dúvida ainda tiver, que veja, leia e ouça por conta própria…

 

 

Agressão covarde de petistas contra cidadãos na ruas do Rio, na última quarta, dia 26, enquanto Lula ameaçava dentro da ABI colocar o “exército” do MST de Stédile nas ruas (foto de Marcos Paulo - Estadão)
Agressão covarde de petistas contra cidadãos na ruas do Rio, na última quarta, dia 26, enquanto Lula ameaçava dentro da ABI colocar o “exército” do MST de Stédile nas ruas (foto de Marcos Paulo – Estadão)

 

 

Quaquá

 

 

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. Renato

    Será que o débil mental entendeu o recado?

  2. Aluysio

    Caro Renato,

    É tranquilo. O boçal em questão é a encarnação daquilo que Pezão, o lutador de MMA, não o governador do Rio, disse sobre o holandês Alistair Overeem, após nocauteá-lo: “Batendo é um leão, apanhando é um gatinho”… rs

    Abç e grato pela chance da constatação!

    Aluysio

  3. Jaci Capistrano

    QUARTA-FEIRA, 11 DE MARÇO DE 2015

    MST, o Exército do Lula, causa acidente com três mortes no Sergipe. Enquanto isso, Cardozo está preocupado com “ódio” nos protestos contra Dilma.

    Desde que Lula transformou o MST em “exército” do PT, este movimento terrorista não para de cometer crimes. Invadiu laboratórios, destruindo anos de pesquisa. Fechou rodovias. Ocupou prédios públicos. Tomou conta de bancos. O ministério da Justiça não moveu uma palha, ao contrário do que fez contra os caminhoneiros, contra quem jogou a Polícia Federal e a Força Nacional, além de uma tropa de choque da PRF.

    Hoje, dois adultos e uma criança morreram após o engavetamento entre uma carreta e sete carros ter provocado uma explosão na manhã desta quarta-feira (11) no Km 110 da BR-101, perto da cidade de Itaporanga D’Ajuda, a 29 km de Aracaju. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta estava carregada com adubo, que é inflamável. A identidade das vítimas ainda não foi divulgada.

    Por que o acidente ocorreu? A rodovia estava bloqueada por manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Não avisaram nada. A PRF nem mesmo sabia da manifestação. Homicídio culposo, na melhor da hipóteses. A baderna consentida pelo governo petista fez com que os veículos ficassem parados na rodovia. Segundo a PRF, a carreta não conseguiu frear quando se aproximou e atingiu sete veículos. Outros quatro foram empurrados pela colisão.

    Enquanto isso, em Brasília, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo fazia ameaças veladas contra as manifestações do próximo dia 15 de março: “O governo tem essa tolerância com as pessoas que o criticam e gostaríamos muito que essas pessoas não fizessem uma ação de ódio, de raiva. Expressem suas ideias democraticamente, vamos nos tolerar”. Como se a Oposição alguma vez tivesse cometido violências e crimes como o MST vem fazendo, debaixo da tolerância e cumplicidade do governo Dilma. Hoje o MST assassinou mais três pessoas. Sobre isso, Cardozo não falou nada.

    http://coturnonoturno.blogspot.com.br/2015/03/mst-o-exercito-do-lula-causa-acidente.html

Deixe um comentário