Kombi da Prefeitura de Campos na Igreja da Graça de Deus fazendo o quê?

Flagrante da Kombi da Prefeitura de Campos na Igreja Internacional da Graça de Deus, na rua 13 de Maio (foto do leitor)
Flagrante da Kombi da Prefeitura de Campos na Igreja Internacional da Graça de Deus, na rua 13 de Maio (foto do leitor)

 

Chegou ao blog duas filmagens e uma fotografia que flagraram, na manhã da última quinta (19), uma Kombi da Prefeitura de Campos, ostentando em sua porta o emblema da Defesa Civil, fazendo não se sabe o que na neopentecostal Igreja Internacional da Graça de Deus, na rua 13 de Maio. Em um dos dois vídeos, três homens uniformizados de amarelo aparecem aparentemente transportando algo da igreja para dentro do veículo oficial, até que um deles, de óculos, ao lado da porta do carona, percebe estar sendo filmado do outro lado da rua e a ação é paralisada.

O casal Garotinho é conhecido pela religião (e eleitorado) evangélica, orientação pessoal que já se manifestou em episódios administrativos polêmicos, como na tentativa de introdução (aqui) do criacionismo bíblico na grade científica da rede estadual de ensino, em 2004, quando a hoje prefeita de Campos foi governadora do Rio (2003/07). Por sua vez, a Igreja Internacional da Graça de Deus foi fundada em 1980 pelo televangelista e missionário Romildo Ribeiro Soares, mais conhecido como R. R. Soares, quarto pastor mais rico do Brasil, segundo a revista estadunidense Forbes, com fortuna pessoal avaliada em US$ 125 milhões.

Tudo isso posto, fica a pergunta: o que uma Kombi da Prefeitura de Campos estava fazendo dentro da Igreja Internacional da Graça de Deus? Será que a placa anunciando “oração pelos casais”, ao lado do veículo oficial, oferece alguma pista?

Na dúvida, confira os vídeos:

 

 

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 5 comentários

  1. ruy

    Essa é a velha mistura entre publico e privado. Desse nosso país doente e sem cura.

  2. Antonio Bernardes

    Pagando promessa!!!! Pelo parto da filha da prefeita…… será?

  3. Gileno Correia

    Na verdade o afastamento da Dilma foi por meio do tapetão (trecho excluído pela moderação) de impedimento legal, e assim será para o afastamento definitivo porque todos os envolvidos (trecho excluído pela moderação) estão decididos até o afastamento definitivo, e assim adeus verdadeira democracia brasileira, porque daí por diante é só democracia de mentira, adeus poder feito pelo voto do povo.

Deixe um comentário