O bom menino não sai comprando voto

Em maio de 2006, quando Anthony Garotinho (PR) fez uma suspeita greve de fome de 11 dias, para protestar contra denúncias da imprensa sobre doações irregulares à sua campanha presidencial pelo PMDB que nunca decolou, não foram poucos os gaiatos que se manifestaram: “Até o fim!”

Com o avanço dos meios digitais nesta última década, é o mesmo tipo de gaiatice presente no vídeo abaixo, criação da charges.uol.com.br, que tem feito muita gente rir na democracia irrefreável das redes sociais, na paródia do Maurício Ricardo de uma conhecida música do saudoso palhaço Carequinha (1915/2006). Confira:

 

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Silvio Pessanha

    É lamentável, ver a família em desespero, vendo um parente numa situação como essa.

  2. Sandra Santos

    A certeza da impunidade.”As crianças”cresceram com esta certeza.Mentira tem perna curta.
    Deplorável

Deixe um comentário