Opiniões

Prefeito e candidato à reeleição na Câmara

“A disputa maior talvez seja para ser candidato a vice”. Aparentando estar muito confortável com a posição que ora ocupa no tabuleiro do xadrez político de Campos, foi isso que afirmou ontem Nelson Nahim. O prefeito em exercício dissipou dúvidas e confirmou: é candidatíssimo à reeleição como presidente da Câmara. Para tanto, enviou ofício ao presidente em exercício, Rogério Matoso, bem como aos demais vereadores, para ser avisado 72 horas antes de qualquer sessão de convocação da eleição à mesa diretora do Legislativo, que tem que ocorrer até 15 de dezembro. Com isso, ele se previne de qualquer tentativa de antecipação do pleito, a exemplo daquela com que Marcos Bacellar espertamente surpreendeu o então prefeito Mocaiber, na segunda metade do seu governo.

Assim que a eleição da mesa for convocada, o irmão de Garotinho disputa a presidência do Legislativo e cede o lugar no Executivo ao próprio Matoso. Se este não quiser assumir como prefeito, a vaga passa ao primeiro secretário, Altamir Bárbara, ou ao juiz mais antigo da comarca, em caso de negativa do vereador. Mas, de acordo com Nahim, sua vacância na Prefeitura não deve ultrapassar uma hora. Este curto espaço de tempo seria suficiente, nos seus cálculos, para assegurar a reeleição como presidente da Câmara e voltar a ser prefeito, consolidando a posição de candidato natural ao cargo, quando e se o TRE marcar eleições complementares ao governo de Campos.

Presidente da Câmara eleito, prefeito interino e candidato à reeleição no Legislativo que o credencie como candidato a prefeito numa nova eleição. Podem ser elementos demais na equação de um só homem, sobretudo quando ainda amarrada às variáveis insondáveis da Justiça Eleitoral, mas ninguém pode negar que Nahim tem demonstrado no jogo político uma mobilidade que costuma distinguir as peças mais importantes dos meros peões.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 7 comentários

  1. O prefeito Nahim, assim como todo político, não pode ficar sem base de sustentação, é ,por óbvio, que busca apoio nos ex-oposição. A questão toda, é que, o Meniniho irá fazer beicinho, após as eleições, para esta jogada, e, como conhecemos o rapaz-vovô, vai jogar para desestabilizar quem for contrário a seus desgnios políticos.
    Conhecendo-o bem, que o prefeito se preapra para a situação que virá.
    Vamos conferir.

  2. Em 2005,passei pela Câmara Municipal,naquela época trabalhando ao lado do então Vereador Alvaro César,trabalho esse desenvolvido por 02 anos e alí pude observar a postura do então vereador Dr. Nelson Nahim,zelôso com a causa pública,cortês e acima de tudo com a sua postura de homem público, pois até as suas críticas as coisas que não concordava,fazia de maneira respeitosa;estando desta forma ,credenciado a postular a sua permanencia como presidente desta Casa de Leis.

  3. sem dúvida nenhuma,o Exmo Sr. Prefeito em exercicio Dr. Nelson Nahim, é um dos mais competentes vereador de nossa Cidade e no Cargo que ora ocupa, o faz com dignidade,respeito e acima de tudo, com amor a sua cidade e ao seu povo, o que o habilita a postular sua permanencia a frente da Câmara Municipal ou até mesmo a Prefeitura de Campos.

  4. vai fundo nesa luta nahim,deixa esse irmao longe de vc senao vc esta ferrado.

  5. e o povo??????????????

  6. Nada contra o Vereador e atual Prefeito interino do Municipio Dr Nelson Nahim, mas juridicamente falando isso pode, pois se ele sair quem assume, e se ele perder a Presidencia da Camara, quem ganhar é que vai assumir a Prefeitura? Tem coisas que só acontecem ao meu Botafogo, Goytacaz e ao Municipio de Campos dos Goytacazes.

  7. É AS NEGOCIAÇÕES Q RESOLVEM A POLITICA DE CAMPOS !

Deixe uma resposta para marcelo Cancelar resposta

Fechar Menu